Banner-jardim-zoologico-golfinhus
lpm-peugeot-3008-800x100
História do Região de Leiria | Região de Leiria

História

BREVE HISTÓRIA DE QUASE TUDO SOBRE O REGIÃO DE LEIRIA

  • 1935 (10 de Outubro) – Fundação do Região de Leiria por iniciativa de José Baptista dos Santos. O REGIÃO DE LEIRIA era assumidamente um jornal de anúncios, gratuito, através do qual se pretendia contribuir para “avolumar consideravelmente” as transacções do comércio e indústria da região de Leiria, conforme se pode ler na primeira página da sua primeira edição.
  • 1939 – O jornal deixa de ser gratuito e passa a custar 1 escudo. A gratuitidade manteve-se até esta data pois, para o editor, esse facto era “uma garantia da sua larga circulação”. 73 anos depois, para trás fica a distribuição gratuita, o um escudo nos primeiros tempos, os quatro escudos na década de 70 e os 25 escudos da década de 80. O jornal custa, em 2011, 1.10€  em banca e a assinatura anual, de 52 edições, 37.5 euros.
  • 1966 (23 de Julho) – José Ângelo Baptista passa a director
  • 1990 (Abril) – Lucínia Azambuja assume direcção do jornal. Lucínia Azambuja dirigiu o Região de Leiria entre Abril de 1990 e Outubro de 1998 e foi a última directora da família fundadora do jornal. Desde cedo, Lucínia Azambuja percebeu que era necessário clarificar as fronteiras entre informação e opinião e que a qualidade de um jornal se media pela qualidade dos seus jornalistas. Lançou-se à descoberta de novos talentos, apostou na qualificação dos jornalistas e constituiu uma redacção profissional. A ela se deve também a adesão às novas tecnologias, a transferência para a impressão em rotativa, a introdução da cor e o abandono do espírito amador que caracterizava as redacções da época. Lucínia Azambuja faleceu a 30 de Agosto 2008.
  • 1990 (12 de Outubro) – Publicação da primeira imagem a cores na 1ª página.
  • 1996 (Julho) – Grupo Lena assume gestão do Região de Leiria. A compra do Região de Leiria significou a abertura deste grupo empresarial ao mundo dos media. Seguiu-se a criação da Sojormedia, empresa atualmente designada Lena Comunicação que, para além do Região de Leiria, detém o Jornal da Bairrada, em Oliveira do Bairro, e a Rádio Antena Livre, em Abrantes.
  • 1997 (16 de Maio) – É divulgado o primeiro endereço electrónico de e-mail: regiaodeleiria@mail.telepac.pt, actualmente inactivo.
  • 1997 (30 de Maio) – É registado o domínio "regiaodeleiria.pt".
  • 1997 (27 de Junho) – O Região de Leiria avança para a “real” disponibilização de conteúdos na Internet. No entanto um ano antes o jornal já se havia lançado na Internet ainda que com um site complicado de memorizar e que dava pelo registo www.inforg.pt/inforg/rl, mas que lhe valeu alguns prémios em fóruns especializados. Em www.regiaodeleiria.pt pode hoje encontrar a edição semanal, as revistas temáticas e edições de arquivo até à actualização diária.
  • 1997 – Mudança de instalações para a Rua José Estêvão. Este ano ficaria ainda marcado por muitas outras mudanças, nomeadamente ao nível do grafismo do jornal (14 de Novembro de 1997). Desde o cabeçalho, ao logótipo passando pelo aspecto global do jornal, tudo foi alvo de mudança. Os textos passaram a ser mais pequenos, introduziram-se novas rubricas, o recurso à cor e à imagem tornaram-se muito mais evidentes. O trabalho gráfico foi realizado pelo designer Eduardo Aires
  • 1998 (Outubro) – Francisco Rebelo dos Santos assume direcção. Francisco Rebelo dos Santos mantém a direcção do jornal até hoje.
  • 1999 – Fundação da revista RL – Esta revista assumiu-se como "uma nova aposta do semanário REGIÃO DE LEIRIA", onde se pretendia lançar um olhar sobre "o outro lado da gente conhecida. A gente anónima, que não procura a ribalta mas que a merece" lia-se no seu editorial.
  • 1999 (21 de Setembro) – Região de Leiria passa a bissemanário, tendo como dias de saída a terça e a sexta-feira, numa experiência que durou cerca de 10 meses. A 28 de Julho de 2000 o jornal volta a sair semanalmente, à sexta-feira, facto que se mantém até hoje.
  • 2002 (21 de Setembro) – Região de Leiria publica edição extra. A única até aos dias de hoje e que serviu para comunicar à população leiriense que o reabastecimento de água, depois de 5 dias de “seca”, estava garantido entre esse dia e o seguinte.
  • 2005 – Mudança de instalações para Leiria Gare.
  • 2007 – Medalha de prata no concurso ibérico “Lo Mejor del Diseño Periodístico España & Portugal da SND-E com a capa “10 mandamentos ”. Esta primeira página foi dedicada exclusivamente à campanha “Leiria é a minha casa”, lançada pela autarquia local com o objectivo de sensibilizar a população para a necessidade de adoptar boas práticas na vida em comunidade, respeitando o espaço que é de todos. Este foi o quarto ano consecutivo em que o Região de Leiria foi galardoado no mais prestigiado concurso do género realizado na Península Ibérica, ainda que nos anos anteriores com menções honrosas.
  • 2007 (21 de Setembro) – Jornal assume-se em formato totalmente a cores. Este novo formato veio permitir explorar novas oportunidades de comunicação, tanto no que se refere à publicidade, como ao conteúdo editorial do jornal. A imagem, seja fotografia, gráfico, cartoon ou infografia, ganham assim uma nova dimensão, sendo que o recurso à cor se assume, neste contexto, não só como um elemento estético, mas também informativo e explicativo. Desta forma, o jornal tornou-se mais apelativo e, ao mesmo tempo, mais fácil de ler.
  • 2007 (8 de Novembro) - Região de Leiria cria conta na plataforma Twitter.
  • 2009 (9 de Fevereiro) - Primeiro vídeo publicado pelo Região de Leiria, marca o início da aposta multimédia do jornal.
  • 2010 (Abril) - O jornal cria conta no Facebook.
  • 2010 (15 de Outubro) - Sai para as bancas totalmente renovado, a nível gráfico e estrutural, um projecto assinado por Nick Mrozowski. O jornal é impresso num formato mais pequeno e passa a ser agrafado. (vídeo do lançamento)
  • 2011 (Fevereiro) - Uma fotografia de surf do repórter Joaquim Dâmaso, feita na Nazaré, vence o "Best of News Design Competition", da Society for News Design.
  • 2011 (2 de Março) - Pela primeira vez o jornal transmite um acontecimento em directo. O debate "Redes sociais: somos o que partilhamos", que acontece na Fnac Leiria, é transmitido em www.regiaodeleiria.pt.
  • 2011 (Julho) - É distinguido com o Prémio Gazeta Regional 2010, atribuído pelo Clube de Jornalistas.
  • 2011 (Outubro) - O capítulo ibérico da Society for News Design distingue o Região de Leiria com uma medalha de ouro, quatro de prata e uma menção honrosa no âmbito dos prémios ñh8. É o jornal português mais premiado do ano. O redesenho da edição em papel é considerada a melhor do ano pelo júri da SND-E. Medalhas de prata atribuídas a duas capas (“Negócios e favores no Politécnico” e “13 anos de prisão”), à página fixa/secção “Nós” e à reportagem fotográfica “Fátima“ (págs. 4 e 5), da autoria de Joaquim Dâmaso. O trabalho do repórter fotográfico foi também destacado com menção em “Nazaré” (págs. 4 e 5).
  • 2012 (13 janeiro) - O jornal passa a ser escrito segundo o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.
  • 2012 (5 junho) - O Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural atribui ao Região de Leiria o Prémio de Jornalismo Diversidade Cultural, na categoria "Órgãos de Informação Regionais e Locais", pelos trabalhos publicados durante 2011 na secção “Há uma região que nos une”.
  • 2012 (outubro) - Três menções honrosas atribuídas nos prémios ÑH que distinguem os melhores projetos de design jornalístico de Portugal e Espanha.
  • 2013 (3 de janeiro) - O jornal altera o dia de saída para quinta-feira.
  • 2013 (8 de julho) - Mudança de instalações para a Rua Comissão da Iniciativa, em Leiria. Visite-nos.
  • 2013 (outubro) - Finalista do ÑH da Society for News Design ibérica na principal categoria, destinada aos jornais melhores desenhados e com tiragens entre os 15 e 50 mil exemplares. No capítulo dedicado às primeiras páginas, medalha de bronze com a capa “Assaltos”. Na categoria de reportagem fotográfica, medalha de bronze para o trabalho de Joaquim Dâmaso num baile de verão das festas de Santos Populares, em Leiria.
  • 2014 (maio) - A reportagem “Ludo Apta: A experiência do desporto aplicada a toda a sociedade”, de Marina Guerra, recebeu o Prémio Desporto com Ética para a Imprensa Regional, atribuído pelo Programa Nacional de Ética no Desporto.
  • 2014 (setembro) - A reportagem "Alienação parental - Pais que apenas querem ser pais", de Martine Rainho, publicada a 21 de março de 2013, recebe o prémio de jornalismo "Direitos Humanos & Integração", na categoria de Comunicação Social Regional e Local, atribuído pela Comissão Nacional da UNESCO.

m-rec_aneme-de-16-a-31-de-marco

Pergunta da Semana

Considera que o sistema de videovigilância a ser instalado nas florestas será eficaz no combate e prevenção de incêndios?

Loading ... Loading ...
Capa-Regiao-de-Leiria-edicao-4175-de-23-marco-2017.jpg
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com