Armas ilegais e abate clandestino de animais fecham restaurante em Leiria | Região de Leiria

Armas ilegais e abate clandestino de animais fecham restaurante em Leiria

O restaurante O Índio, situado numa rua transversal à rua Paulo VI, em Leiria, foi ontem à noite encerrado pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e a Autoridade de Saúde, no âmbito da operação policial “Açougue”.

A operação policial visava o combate à posse ilegal de armas, mas também a fiscalização em matérias de abate clandestino de animais, infrações contra a saúde pública, maus tratos a animais, infrações ambientais, laborais, tributárias entre outras, revelou a PSP em comunicado.

Além da ASAE e da PSP de Leiria, estiveram presentes na operação a Autoridade de Saúde, a Autoridade para as Condições no Trabalho (ACT), a Autoridade Tributária das Finanças, e a Inspeção Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT).

“A operação policial, sustentada na recolha de informações efetuadas no decurso do último mês, culminou com a realização de dois mandados de busca domiciliária, dois mandados de busca não domiciliárias e dois mandados de busca a viaturas, englobando estes um estabelecimento de restauração na cidade de Leiria e quinta/terreno de exploração de animais”, informou a mesma nota.

Da intervenção, resultou a detenção de um indivíduo por posse de armas ilegais e foram apreendidas uma pistola calibre 6,35 mm, sem número de série, um carregador, quatro munições, uma espingarda de calibre 12 mm., e quarto cartuchos calibre 12 mm.

Relativamente às restantes entidades envolvidas na operação, da ação de fiscalização, foram apreendidos 46 kg de carne de porco, proveniente de abate clandestino; 332 kg de carne de porco, por falta de requisitos em géneros alimentícios; 9 kg de salmão, também por falta de requisitos em géneros alimentícios.

Quanto às infrações verificadas, verificou-se falta de requisitos de higiene do restaurante, que levou à suspensão da atividade; abate clandestino; falta de licenciamento de estabelecimento de restauração; falta de requisitos em géneros alimentícios; falta de registo de exploração; falta de registo de animais; infrações ambientais, IGAMAOT recolheu amostras de águas e solos contaminados; notificação da ACT para apresentação de documentação relativa aos funcionários; notificação da AT-FIN para apresentar justificação para dinheiros encontrados.

Em consequência de todas as infrações verificadas, “a ASAE e Autoridade de Saúde procederam à suspensão da atividade do estabelecimento visado no processo”, acrescenta a nota.

35 Respostas para “Armas ilegais e abate clandestino de animais fecham restaurante em Leiria”

  1. Gatunagem diz:

    "Gêneros" alimentícios?! Por amor de Deus! O Região de Leiria contratou jornalistas "bràsilêros" ou a ignorância é tão grande que acham que o (des)acordo ortográfico nos obriga a escrever TUDO como no "Bràsiu"? É demais!…

    • rleiria diz:

      Caro leitor, obrigado pela chamada de atenção, o erro já foi corrigido. Continue a ler-nos. Cumprimentos.

    • Humberto diz:

      É mais ou menos como a noticia que saiu na última edição do jornal Região de Leiria. Passo a citar:
      " um casal de idosos na casa dos 60 anos……..", por amor de Deus e da Santa, um casal de idosos? Com 60 anos? Quando eles tiverem 80 ou 90, o que são? Múmias?, …….até ofendem…..

    • Diana Fernandes diz:

      Caro "amigo",
      o OBJETIVO" deste artigo nao foi demonstrar a ortigrafia correta ou incorreta, mas sim o horror que e a existencia de um estabelecimento como este. Em vez de reclamar com o ACORDO (e nao desacordo) ortografico, o senhor deva talvez pensar no nojo que sentiria se o "amigo" tivesse comido neste restaurante. Voltando ao ssunto dos brasileiros, o "amigo" sabia, por acaso, que agora sao os tugas que estao a emigrar para la?! A hipocrisia Portuguesa ainda e o que sempre foi. Ja agora, devo pedir desculpa pela falta de acentos (o meu teclado nao os tem) antes que "alguem" me de um tiro. Tenho dito.

  2. gel diz:

    é como o restaurante chines na nova leiria que faz abate de galinhas nas traseiras do establecimento

  3. BRUNO diz:

    COMO ESTE CASO EXISTEM MUITOS MAIS, MAS ESTE FOI DESCOBERTO POR UMA UMA DENUNCIA, O PROBLEMA É QUE NOS SABEMOS DE ALGUNS E NÃO TEMOS CORAGEM DE DENUNCIAR. ANDA MEIA DUZIA DE CONTRIBUITES A PAGAR IMPOSTOS PARA O RESTO DO PAIS VIVER NA ILEGALIDADE.

  4. Paulo diz:

    Aqui está um exemplo do que pode denegrir um sector. Penso que esta situação não pode ser exemplo para nada , até porque não acredito que este propriétário deste estabelecimento possa ser considerado pessoa integra , pelas caracteristicas da noticia e acima de tudo não acredito que seja alguém ligado ao sector da Restauração com historial de Restauração . Quem souber destas situações acho bem que as denuncie . Não podemos continuar a trabalhar no sentido de só alguns lucrarem em prol do prejuizo de outros. Acima de tudo temos de trabalhar com honestidade e defender quem a pratica , pelo que ao denunciarmos estas situaçoes estamos a defender o sector .

  5. H. Rodes diz:

    Ninguem fala dos empregados a cargo deste empresário, ninguem fala da segurança social que paga dos funcionarios, ninguem fala da segurança e higiene no trabalho que paga entre outras coisas.
    A noticia comenta somente que tem armas ilegais porque legais´e impossivel e a practica de abate ilegal de animais.
    Pois bem , eu comi e voltarei a comer neste restaurante porque cozinham bem e a comida é optima e bom preço,além do mais é o unico lugar em que é possivel comer com o valor do subsidio de alimentação que vai descer para 4 euros e pouco.
    a denuncia é importante quando tem um sentido sério e construtivo, não quando mais parece denuncia de invejosos e que somente têm em mente a perseguição,
    Meus amigos em tempo de crise é hora de trabalhar e não de destruir quem ainda vai fazendo algo por este País.
    Por fim, a lei prevê a total inocencia até prova em contrario, mas com todo este aparato me parece que este empresário já é culpado antes mesmo do julgamente para possivel defesa.

    • ElPibe diz:

      Voce so pode tar a brincar com as pessoas só pode. Concordo com os preços, mas de resto tem que respeitar todas as normas!!! Os outros restaurantes tambem pagam isso tudo, e mais ainda, com o IVA a disparatar, despedir empregados por nao se conseguir pagar tudo devido aos impostos aumento da agua luz e gas, etc! É igual para todos, e injusto seria alguem aldrabar como estava a fazer e conseguir fazer o que todos da industria hoteleira nao conseguem… ganhar algum dinheiro. Portanto, por favor, pense bem antes de vir fazer este tipo de comentarios ridiculos com fez. Pense tambem nos outros que estao no ramo da hotelaria.

    • jose oliveira diz:

      Pelo seu comentário, este senhor pode comercializar tudo o que apanha na sarjeta, que nada é crime, desde que seja bem apresentado. Sejamos honestos: Por aquilo que eu sei e li, este senhor, nada tinha que estivesse legal, portanto acho que as autoridades fizeram um excelente trabalho. Quanto aos funcionários, e impostos, se é que ele os paga?, só quem necessita do seu salário, é que sabe muitas vezes os sapos que tem que engolir. Mas tambem respeito a opinião, é que há por aí centenas de Abutres a laborar nas mesmas ou piores condições. DENUNCIÊM.

  6. gui diz:

    Gostei dest ultimo comentario! ninguem de voz mata em casa uma galinha? ou um porco? Tem licença para matarem em casa?? se nao tiverem é tambem ilegal!! nao sou contra o homem matar e vender no restaurant! ao menos come se carne fresca! pra estaes gajos faz lhe diferença porke assim o proprietario do restaurant nao esta a pagar iva da carne!! Mas nos temos de viver de alguma forma!!! Nao podemos penssar ke viver é andar a pagar todos os impostos kenos propoem e depoix se sobrar umas moedas entao vamos gozar a vida! Para mim é qum poder que se safe!!!!!!!!!!!

    • hello diz:

      Entendo a tua opinião, mas vê uma coisa, tu ao matares um porco ou uma galinha, tu sabes o que estas a consumir em casa, agora quando vais a um restaurante ou a qualquer estoicamente que vende produtos alimentares já não sabes de nada. O objectivo disso tudo constitui em criar medidas de segurança, caso contrário podes ter a certeza que haveria muitos casos de alimentação que não teriam qualquer qualidade, criando um problema de saúde pública. A o impor essas regras, e realizar essas fiscalizações poderás ir a um restaurante que garante a qualidade desejada. o que achas?

  7. A. G. diz:

    acho muito bem… e para mim já vai tarde!! era nojento, não havia qualquer higiene por parte de qualquer funcionário ou gerência! para além do cheiro que havia… o chão sempre sujo… talheres e pratos! uns pagam todos os impostos, segurança social, têm papelada sempre em dia e estes andavam aqui a encher os bolsos a custa do povo! ha mais, e muitos mais, restaurantes onde se pode comer por menos e com mais qualidade! abram os olhos! se quem recebe subsidio para lá ir comer é porque o pode gastar (estamos a falar de 9€ por refeição) , porque eu como em casa ou levo comer na caixinha (esses 9€ dão-me para gasóleo de 3 dias!!) ! e quem lhe dá esse subsidio pagará com certeza os seus impostos e seg. social! ao contrário do que aqui se passava… negligência! o problema de matar animais em casa é a higiene, e por algum motivo isso é ilegal… a carne ou o peixe tem que estar em mínimas condições de consumo! claro que andamos a rasca a pagar impostos… mas temos que ter um mínimo de dignidade uma vez que se esta a trabalhar para pessoas!

  8. João Francisco diz:

    Vergonha de uma classe, felizmente a restauração e hotelaria á poucos a pensar desta maneira para ganhar a vida não vale tudo. Provado a prisão é pouco.

  9. Raul diz:

    Como é obvio a maioria das pessoas que está contra o homem são invejosos que provavelmente nem conhecem o homem.
    Nesta altura precisamos é de pessoas trabalhadoras e empreendedoras a puxar este país para a frente e não que lhes cortem as pernas.
    Concordo que deve haver fiscalização e controlo na higiene de todos estes espaços, mas sem abusarem. Até parece que o homem matou alguem.
    Se recordarmos o passado em que não havia todo este contolo do estado, todos viviamos tal e qual e provavelmente com mais saúde e dinheiro no bolso. Agora o estado quer por a mão em tudo e é a miséria que se vê neste país.
    Eu só tenho de concordar com o "H. Rodes" deviam pensar é nas pessoas que esse homem emprega, no dinheiro que paga a fornecedores, no investimento que tem nos espaços e equipamentos, no dinheiro que mete a circular na nossa cidade.
    Eu continuarei a ir a este restaurante com todo o gosto..! É mais facil morrer a fome por causa do nosso governo do que por ingerir carne com falta de requisitos em géneros alimentícios….

    • ElPibe diz:

      Por favor!! e voltar para a idade da pedra nao??? Os outros sao obrigados a cumprir as leis, e pagar tudo de impostos etc, e este senhor tem desculpa so porque os estado faz o que faz???!! Impensável…
      Por haver pessoas a pensar como o sr Raul e o Rodes, viviamos numa pocilga, e num país ainda pior do que está! Tem que haver higiene, controlo etc, e para todos, não é uns a pagar, e os outros a encher bolsos de dinheiro!! Concordo com os valores dos impostos são em demasia, mas é para todos…

      • Raul diz:

        Concordo que deve haver controlo destes espaços e a higiene é fundamental. Mas no meu ver isto é um pouco exagerado.
        E custa-me a acreditar que desta gente que está aqui a criticar consiga empregar as pessoas que este senhor emprega e que se possa orgulhar de pagar aos fornecedores a tempo e horas, como ele…
        Eu concordo com estas operações e que deve haver multas para que as pessoas respeitem as leis. Agora fechar o restaurante? Os funcionarios do restaurante precisam do ordenado para pagar as contas.
        E 39 elementos do estado? Se tivessem a assaltar o restaurante não aparecia tanto elemento!!!

        • ElPibe diz:

          "consiga empregar as pessoas que este senhor emprega e que se possa orgulhar de pagar aos fornecedores a tempo e horas, como ele…"?????? Primeiro, que fornecedores??? se ele proprio tinha porcos e outros animais que matava sem licença e condições e vendia no restaurante? E pelo que sei, foi denunciado por ex funcionário que nao recebia. E se as Finanças andam a ver o que se passa e a pedir a docomentação como está, será que ele tem tudo em ordem como diz???? Ora pense lá um bocadinho, porque onde há fumo há fogo….

  10. João diz:

    Este indeviduo andou toda á vida como vendedor de carvão, nunca como hoteleiro.

  11. Pereira diz:

    Viva a A.S.A.E. e P.S.P.- ACT – AT FIN proteger o povo da mixórdia.

  12. Oliveira diz:

    Eu acho muito bem que estas situações sejam denunciadas, pois se ele faz mais barato que os outros e os outros que já cá andam à muitos anos e não ganham para a sopa, alguma coisa se passa. Claro que todos nós consumidores queremos comer o mais barato possivel e por vezes até fazemos algumas concessões, mas tambem é certo que por vezes é à custa da qualidade dos alimentos. E para apanhar uma intoxicação alimentar não é preciso muito. Com a nossa alimentação não se pode brincar.
    Andámos tantos anos a pedir que ouvesse fiscalização para equilibri-o do sector e agora temos pena de uma situação destas, francamente…………………

  13. Pedro F. diz:

    Sr. ElPibe será que um restaurante daqueles só gasta carne de porco e outros animais k poderá ter ouvido falar..? E será k fornecedores são só aqueles que fornecem carnes?
    E todos os outros alimentos cereais, doces, fruta, bebidas, etc. E a manutenção dos espaços e equipamentos. E muito mais que nem será necessário referir. O empregado se não recebeu é pk algo se passou. E se tem assim tanta razão esse empregado injustiçado pk não dá a cara à comunicação social? Talvez pk foi um dos que foi para a rua por desviar dinheiro da caixa!

  14. Ruben diz:

    Para todos os que não apoiam a decisão de suspensão leiam bem:
    "…falta de licenciamento de estabelecimento de restauração, … falta de registo de exploração; …"
    Só isto é suficiente para fechar qualquer estabelecimento de restauração! O resto nem é preciso falar. Mas a verdade é que também comi lá algumas vezes e posso dizer que para 9,00 € a quantidade não e variedade não estava mal. Mas a qualidade deixava muito a desejar. E sejamos sinceros, a falta de higiene era visível, embora houvesse alguns dias piores que outros.
    No entanto muitos fechavam os olhos porque jantar e lançamento para a bebedeira da noite por 9,00 € não é muito fácil de encontrar.
    Mas o que importa é que muitos são os restaurantes que têm pelo menos aquelas duas coisinhas que referi mais acima. Lamento mas sem isso não posso deixar de apoiar a suspensão até estarem legais e claro corrigirem algumas regras de higiene lhes irão colocar e que são necessárias! Os impostos são para todos pagarmos e quantos mais formos a pagar, menos pagará cada um. Continuem a fugir, e ajudem os nossos políticos a levar-nos até ao fundo do poço.
    P.S. Uma coisa é matar um porco e umas galinhas lá por casa. A carne vai ser consumida pela famelga e não ser vendida para outros comerem. É normal existir uma obrigatoriedade de serem mortos no matadouro e passarem por um processo de verificação de qualidade antes de seguir para os restaurantes e talhos. É por isto que podemos processar um estabelecimento por nos vender um produto estragado, bla bla, bla, … Mas quem é que não vê isto??

  15. Guardião da Justiça diz:

    Nós sabemos que há pessoas que ficam sem emprego com esta situação claro, mas isso justifica que um indivíduo com a ganância do lucro fácil mate animais que estejam doentes numa quinta a tiro de caçadeira e os sirva no dia seguinte aos clientes?? Ou que tenha na arca carne do verde para ser feita no dia da operação policial?? Não.E eu vi porque estava lá.Quem não volta a comer lá sou eu…e talvez já tenha comido pior…mas era porque não sabia…agora neste…NUNCA MAIS!!!

  16. João diz:

    Não há milagres comer carne possivelmente doente saber ? o barato o povo desconfia em milagres.

  17. FABIO diz:

    TANTO RESTAURANTE QUE DEVIA ESTAR FECHADO COMO O ENFARTA BRUTOS NA CRUZ DA LEGUA JUNTO AO SEMAFROS AQUILO E SO NOJO

  18. Rui diz:

    Na Cruz da Légua , enfarta brutos é o Zé dos Frangos………….? Na estrada para ALCOBAÇA. ASAE…………….

  19. O indio diz:

    Eu proprietário de O Índio, sinto-me de consciência tranquila , porque nunca dei comida estragada a ninguém ate aos dias de hoje, vendi carvão durante muitos anos, mas também trabalhei em hotelaria na Suíça, e sinto-me capaz de fazer o que quer que seja na restauração, ao contrario do que as pessoas dizem não foi encontrado no meu estabelecimento , nenhuma carne impropria para consumo. De facto é verdade que tenho uma quinta no qual crio uns animais ( porcos pretos e bizarros)
    para consumo próprio no qual fazia uns petiscos com uns amigos muitos deles clientes , que ate à data nenhum se queixou. e continuamos nas nossas brincadeiras e umas bebedeiras, é com orgulho que eu trato bem os meus amigos na minha casa.

  20. O Indio diz:

    Informo também que apesar de não usar champô nem sabonetes, nem ter casa de banho privativa para os meus porcos , garanto que são de qualidade, e nem eu nem os meus amigos viemos a adoecer por causa de algo que se tenha comido , as doenças existentes é por causa do vinho que costuma ser bom por excelência, e também tenho o orgulho de dizer que pago os meus impostos e gostava de pagar mais.
    Um Abraço aos meus amigos e muita sorte aos mal dizentes , que tenham sucesso.

Trackbacks/Pingbacks


Deixe um comentário

Pergunta da Semana

Acha que a Liga 2014/2015 está mais competitiva?

Loading ... Loading ...
Capa Regiao de Leiria edição 4041 de 28 de agosto 2014

Escreva-nos

foxyform




Newsletter Powered By : XYZScripts.com