População idosa do distrito de Leiria triplicou em 50 anos | Região de Leiria

População idosa do distrito de Leiria triplicou em 50 anos

Os dados falam por si: nos últimos 50 anos, o número de idosos a residir no distrito de Leiria praticamente triplicou. Atualmente, a população com mais de 65 anos já representa 20,6 % do total da região – uma percentagem ligeiramente superior à média nacional, que ronda os 19%.

As conclusões são dos últimos Censos, realizados em 2011, e mostram que, no universo populacional de 470.930 habitantes do distrito, 97.366 são seniores. As mulheres – cerca de 55.400 – estão em maioria.

Leiria é, por estes dias, o concelho mais jovem do distrito, com 3,9 indivíduos em idade ativa por cada idoso residente. Uma realidade também ela diferente da de há cinco décadas: em 1960 era a Marinha Grande o concelho com a pirâmide etária mais equilibrada.

Porém, no polo oposto, pouco mudou. Alvaiázere e Pedrógão Grande eram, já em 1960, os concelhos mais envelhecidos do distrito e continuam a sê-lo ainda hoje… mas com médias mais preocupantes. Se, há 50 anos, ainda viviam no norte do distrito cinco “jovens” por cada idoso, hoje a média de indivíduos em idade ativa não ultrapassa 1,7%.

Os países podem morrer de velhos? A pergunta serviu de mote para um estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos, que antevê que em 2030 o país esteja ainda mais envelhecido. As projeções apontam para que, nessa altura, o número de idosos em Portugal represente o dobro do número de jovens, e que metade da população tenha mais de 50 anos. Leiria, a seguir a tendência atual, acompanhará o ritmo do país. Estará a região preparada para lidar com o futuro?

Notícia publicada no Especial Vida Sénior, integrante da edição de 23 de maio de 2013.

Uma resposta para “População idosa do distrito de Leiria triplicou em 50 anos”

  1. Abel Castelão diz:

    Apesar de conhecermos os problemas e até algumas das medidas para lhes fazer face, assobiamos para o lado e continuamos a preocupar-nos muito com as reformas, em vez de uma política de apoio à natalidade e à fixação de gente nova nas nossas terras. Mas a epidemia dos grisalhos que vai governando este país, habituada que foi, em seminários ou colégios, a pensar o mundo em torno do seu umbigo, não quer largar o osso, nem por nada.

Trackbacks/Pingbacks


Deixe um comentário

Pergunta da Semana

Concorda com a realização de um festival de verão na lagoa da Ervedeira?

Loading ... Loading ...
Capa-Regiao-de-Leiria-edicao-4037-de-31-julho-2014.jpg

Escreva-nos

foxyform




Newsletter Powered By : XYZScripts.com