lpm-peugeot-3008-800x100
Ruído junto à Câmara de Leiria ultrapassa limite legal | Região de Leiria

Ruído junto à Câmara de Leiria ultrapassa limite legal

As medições do ruído realizadas pela associação Zero, no dia 21 de setembro, em Leiria, ultrapassaram o limite legal de 65 decibéis (dBA) fixado para o ruído ambiente durante o dia.

A avaliação foi realizada na véspera do Dia Europeu sem Carros, entre as 7h45 e as 9h30, no largo da República, junto à Câmara. Munidos de telemóveis e recorrendo à aplicação NoiseTube, os ambientalistas efetuaram cinco medições, de 10 minutos cada. Os resultados médios oscilaram entre 69, 70 e 71 dBA.

Ao REGIÃO DE LEIRIA, Carla Graça, associação Zero, admite ter ficado surpreendida. “Não estava à espera que houvesse tanto tráfego” apesar de o local ter sido escolhido por ser um ponto critico.

A responsável frisa contudo que a escala utilizada “é logarítmica e não aritmética, pelo que um valor de 70 dBA não corresponde a um aumento de apenas 5 pontos, mas sim a um aumento exponencial, com graves consequências para a saúde humana”.

Leiria não foi exceção. Outras cidades - Lisboa, Porto, Funchal e Faro - abrangidas neste teste registaram também valores médios acima do limite legal.

“O que pretendemos demonstrar é que as nossas cidades não cumprem a legislação em vigor”, que o ruído ambiente “é essencialmente provocado pelo tráfego rodoviário” e que “é preciso reduzir o trânsito”, adianta Carla Graça.

A promoção de outras formas de transporte - coletiva e elétrica -, o desenho urbano das vias, a redução dos limites de velocidade em algumas zonas, a adoção de técnicas de redução do ruído nas vias e melhor insonorização do edificado são algumas das medidas preconizadas pela Zero.

Saiba mais

Limiar da dor e da audição
Segundo Carla Graça, o limiar da audição são 10 dBA, enquanto o limiar da dor situa-se nos 120. O valor médio de referência para o trânsito automóvel cifra-se em 70 dBA - embora o ruído de um carro silencioso ronde os 50 -, o da circulação de comboios em 90 dBA, e uma simples conversa em 65 dBA. Não sendo desconfortável, o problema do ruído está em ser ou não constante, explica a responsável.

Equipamento não certificado
A aplicação NoiseTube não é certificada, pelo que os valores obtidos não têm efeitos legais. Ainda assim, a Zero refere que podem servir de referência, sendo muito semelhantes aos obtidos com equipamentos certificados. A aplicação permite medir valores mínimos e máximos (sendo recomendado que a medição dure algum tempo para não ser influenciada por picos de ruído ou períodos de silêncio) e extrair um valor médio.

Fizemos o teste
Testámos a referida aplicação em outros locais. Na segunda-feira, pelas 18h35, medimos durante 10 minutos o ruído ambiente a partir de um banco de jardim no largo do Papa. Os valores oscilaram entre 52,12 e 73,48 dBA. A média foi de 59,10. Já na terça-feira, às 8h30, no cruzamento junto à Secundária Afonso Lopes Vieira, em Gândara dos Olivais, os dados indicaram um mínimo de 61,76 dBA, um máximo de 84,5 e um valor médio de 75,94.

MR

(Notícia publicada na edição de 29 de setembro de 2016)

Deixe um comentário

DDinis-MREC-14-03_curso-intensivo

Pergunta da Semana

A vinda do papa Francisco a Fátima justifica uma decisão do Governo em dar tolerância de ponto no dia 12 de maio?

Loading ... Loading ...
Fwd:
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com