lpm-peugeot-3008-800x100
Jovem estudante desaparecido em Londres encontrado em hospital psiquiátrico | Região de Leiria

Jovem estudante desaparecido em Londres encontrado em hospital psiquiátrico

O jovem português que estava desaparecido em Londres foi encontrado num hospital psiquiátrico em Essex, nos arredores da capital britânica, disse hoje fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades.

Volodymyr Lavriv estava desaparecido desde o início do mês

Volodymyr Lavriv estava desaparecido desde o início do mês

“O jovem foi encontrado numa unidade psiquiátrica de um hospital em Essex, onde está internado desde o dia 04 de outubro”, referiu a mesma fonte, citada pela agência Lusa.

Volodymyr Lavriv, 25 anos, não dava notícias desde o dia 03 de outubro e vários apelos referindo o seu desaparecimento foram lançados nas redes sociais.

O jovem, estudante de medicina numa universidade de Lisboa, tem dupla nacionalidade (portuguesa e ucraniana) e veio ainda em criança com os pais para Portugal, residindo alguns anos no concelho de Porto de Mós.

Segundo a fonte do gabinete do secretário de Estado, a família do jovem já foi avisada do seu paradeiro.

Uma fonte do consulado de Portugal em Londres confirmou que o rapaz foi encontrado num hospital psiquiátrico, no qual continua internado, pela polícia londrina.

A polícia de Londres começou a investigar o caso depois de um alerta de desaparecimento feito pela Interpol, através de um pedido das autoridades portuguesas, referiu ainda a fonte consular.

O consulado, que recebeu os familiares do jovem, também havia iniciado uma série de diligências a prisões e hospitais de Londres e região à procura do jovem.

O jornal Público avança ainda que, de acordo com Vítor Pinto, adjunto do secretário de Estado das Comunidades,  o jovem protagonizou “alguns incidentes” que demonstraram “algum desequílibrio” e, por isso, foi internado compulsivamente.

No início do mês, Volodymyr Lavriv, estudante do doutoramento de Medicina na Universidade de Lisboa contactou a mãe, residente em França, para informar a família que estava a caminho da capital inglesa. A 3 de outubro falou pela última vez, via telefone com a mãe. No dia seguinte o dinheiro desapareceu da sua conta bancária e o jovem tem estado incontactável, adiantava terça-feira o jornal o Observador.

O jovem de origem ucraniana e de nacionalidade portuguesa, em criança viveu com os pais em Fonte de Oleiro, Porto de Mós.

Deixe um comentário

DDinis-MREC-14-03_curso-intensivo

Pergunta da Semana

Os pais que recusam vacinar as crianças devem ser responsabilizados criminalmente?

Loading ... Loading ...
Capa-Regiao-de-Leiria-edicao-4179-de-20-abril-2017.jpg
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com