lpm-peugeot-3008-800x100
CEO Club. Esplanada do jardim Luís de Camões renasce em Leiria | Região de Leiria

CEO Club. Esplanada do jardim Luís de Camões renasce em Leiria

São “quatro em um” os espaços que vão dar nova vida ao jardim Luís de Camões. O edifício da “esplanada” inaugura sexta-feira, 18 de novembro, totalmente renovado, com café, restaurante, esplanada e bar. E com um novo conceito, CEO Club pretende preencher uma lacuna na cidade, segundo os promotores do projeto, Paulo Soares e Luísa Reis.

“Este é sem dúvida o edifício mais emblemático, mais central e espetacular que Leiria tem para este tipo de atividade”, adianta Paulo Soares, que trocou Lisboa por Leiria há apenas três anos. “Achei que tinha um potencial incrível”, adianta o empresário, que decidiu estrear-se no ramo da restauração numa altura “em que os investimentos são cada vez mais arriscados”.

Apesar do elevado esforço financeiro - contando com uma “derrapagem” de 100 mil euros em obras “a mais” para recuperar do estado de destruição em que encontrou o espaço e uma renda mensal de 4.200 euros -, Paulo Soares acredita poder rentabilizar o investimento nos dez anos que irá durar a concessão.

“Estamos muito confiantes. Vamos tentar criar algo que vá ao encontro das necessidades das pessoas e criar hábitos”, refere por sua vez Luísa Reis, que deixou o seu anterior emprego para abraçar este desafio.

Com uma equipa de 20 colaboradores, entre os quais três chefs, a “esplanada” irá funcionar todos os dias, sete dias por semana, das 8 às 2 horas da manhã.

O café ocupa uma das alas do edifício no rés-do-chão. Na outra, o restaurante servirá até às 23 horas. A esplanada surgirá para já entre os avançados, podendo um dia estender-se ao jardim.

Mesas da esplanada e degraus interiores iluminados, uma zona de espera junto ao restaurante, mesas altas junto ao balcão do café e um espaço lounge a funcionar entre as 17 e as 22 horas na zona do bar são alguns detalhes que Luísa Reis destaca neste projeto. O bar será o único espaço a funcionar até às 2 horas, com música ambiente e dj ao fim-de-semana.

A criação de um ambiente que agrade a uma geração que “gosta de sair com os amigos, conversar e beber um copo sem estar a gritar”, alimentou a ideia que durou alguns meses a concretizar, fruto dos atrasos com as obras. “Não havia nada deste género em Leiria e este espaço vem tentar colmatar esta falha”, acrescenta Luísa Reis.

Quanto ao restaurante, a aposta incidiu num conceito “mais cosmopolita, um pouco mais sofisticado, com algumas influências de Lisboa e que fuja da cozinha francesa, muito presente em Leiria”, sublinha Paulo Soares.

“Sem querer reinventar nada, vamos fazer cozinha portuguesa numa abordagem gourmet, mas que não é arte no prato”. Não haverá por isso espaço para diárias embora a intenção seja praticar preços “o mais democráticos possível”. Ao domingo, haverá ainda espaço para brunch a meio da manhã.

Degradação obrigou a substituir tudo

Cerca de 300 mil euros é o montante investido na requalificação do edifício da esplanada do jardim. O valor ultrapassou em muito o investimento inicialmente previsto, mas o estado de degradação em que o espaço ficou após o encerramento do Glam, que ocupou anteriormente aquele espaço, obrigou a intervenções que não estavam previstas. Segundo Paulo Soares, foi necessário substituir “tudo”, desde tomadas e interruptores a tetos, coberturas, pavimento e vidros.

p12-cafe-restaurante-esplanada-jardim

Paulo Soares e Luísa Reis acreditam que a “esplanada” irá preencher uma lacuna (fotografia: Joaquim Dâmaso)

MR

(Notícia publicada na edição de 20 de outubro de 2016, editada para republicação online)

Deixe um comentário

DDinis-MREC-14-03_curso-intensivo

Pergunta da Semana

Os pais que recusam vacinar as crianças devem ser responsabilizados criminalmente?

Loading ... Loading ...
Capa-Regiao-de-Leiria-edicao-4179-de-20-abril-2017.jpg
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com