lpm-peugeot-3008-800x100
Centros de Saúde com atendimento reforçado de 31 de dezembro a 2 de janeiro | Região de Leiria

Centros de Saúde com atendimento reforçado de 31 de dezembro a 2 de janeiro

Os centros de saúde da região Centro com Consulta Aberta para atendimento de casos de doença aguda vão reforçar as suas equipas entre 31 de dezembro e 2 de janeiro. Em caso de necessidade, o horário de funcionamento será também alargado.

A medida, anunciada pela Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) abrange as unidades de saúde de cuidados de saúde primários da região Centro e visa dar "resposta a situações de doença aguda não urgente, evitando as deslocações desnecessárias às urgências hospitalares".

Antecipando o "aumento significativo de procura de serviços de saúde, quer a nível das urgências hospitalares quer dos cuidados de saúde primário", a ARSC aconselha a população a dirigir-se, "com confiança,  aos seus centros de saúde, às unidades de saúde familiar, às unidades de cuidados de saúde personalizados", afirmando estarem "preparados para responder, com eficácia e eficiência, a situações não urgentes, como a síndrome gripal ou a infeção respiratória”.

De acordo com o Plano de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas (PCTEA) – Módulo Inverno 2016/2017, os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) do Pinhal Litoral e Pinhal Interior Norte, que abrangem unidades do distrito de Leiria, também adotaram estratégias locais que visam "maior disponibilidade, em todos os período de consulta, para atendimento de doença aguda, eventual aumento do número de médicos em escala de consulta aberta, prolongamento de horário de funcionamento em caso de maior procura dos serviços garantindo resposta a todos os cidadãos com doença aguda".

Já na área da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) várias unidades irão funcionar com horário alargado até meados de março.

Nos dias úteis, haverá atendimento complementar na Nazaré, entre as 20 e as 24 horas, e no fim de semana entre as 14 e as 24 horas. No Bombarral, o reforço incidirá aos fins de semana (sábado e domingo) entre as 9 e as 13 horas, e em Caldas da Rainha aos sábados entre as 9 e as 13 horas. Na UCSP de Ourém, o horário será alargado aos sábado, entre as 9 e as 19 horas.

De notar que a atividade gripal registou um aumento na semana passada tendo sido identificados 32 vírus da gripe, de acordo com o Boletim de Vigilância Epidemiológica, divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge. E a tendência é para crescer.

Na semana de 19 a 25 de dezembro, a taxa de incidência da gripe foi de 113,3 casos por cem mil habitantes, enquanto na semana precedente foram registados 74,9 casos por cem mil habitantes e identificados 36 vírus da gripe do subtipo A (H3), noticia a agência Lusa.

Ainda de acordo com o boletim relativo à passada semana, verificou-se que sete (50%) doentes eram do sexo masculino, 12 (85,7%) tinham 64 anos, dois (14,3%) tinham entre 15 e 64 anos, três (25%) doentes estavam vacinados contra a gripe sazonal e todos eram portadores de doença crónica.

Desde o início da época gripal, em outubro, foram comunicados 48 casos de gripe admitidos em unidades de cuidados intensivos, tendo sido até ao momento reportados sete óbitos (14,6%).

Na semana de 19 a 25, o valor médio da temperatura mínima do ar foi de 3,2ºC, muito inferior ao normal (1971-2000) para o mês de dezembro, revela ainda o boletim, que dá ainda conta de um aumento da atividade gripal na região europeia para 38% (tinha sido 28% na semana anterior).

A época gripal 2016-2017 começou em outubro e termina em meados de maio. A Direção-Geral da Saúde mantém recomendações para as pessoas, em particular dos grupos de risco, se vacinarem.

Vários centros de saúde vão ter equipas reforçadas e horários alargados para dar resposta ao aumento de casos de doença aguda

Vários centros de saúde vão ter equipas reforçadas e horários alargados para dar resposta ao aumento de casos de doença aguda

Deixe um comentário

DDinis-MREC-14-03_curso-intensivo

Pergunta da Semana

A vinda do papa Francisco a Fátima justifica uma decisão do Governo em dar tolerância de ponto no dia 12 de maio?

Loading ... Loading ...
Fwd:
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com