lpm-peugeot-3008-800x100
Remodelação da delegação Distrital de Viação de Leiria deverá avançar este ano | Região de Leiria

Remodelação da delegação Distrital de Viação de Leiria deverá avançar este ano

O mau funcionamento e falta de condições da delegação Distrital de Viação de Leiria, em S. Romão, levaram o presidente da Assembleia Municipal de Leiria, a escrever ao ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, no início deste mês, para denunciar a situação.

Na missiva, que tornou pública no dia 4 de janeiro, José Manuel Silva manifestou o seu descontentamento pela forma como ele e mais de uma centena de outros cidadãos foram atendidos no passado dia 28 de dezembro.

Já a fila ia longa quando lhe foi atribuída uma senha 15 minutos após a abertura do serviço, conta. Mas teve de esperar cinco horas e meia para ser informado que “apenas era necessário tirar uma fotografia e fazer uma assinatura”, o que o obrigou a esperar mais uma hora para ser atendido.

Queixando-se ainda do “cubículo minúsculo e mal ventilado, anexo à repartição onde os funcionários exercem as suas funções em condições deploráveis” e do ambiente “absolutamente tóxico”, José Manuel Silva afirmou-se “envergonhado” pela “nossa incapacidade para prestar bons serviços públicos” aos cidadãos que “pagam impostos” e são servidos “segundo padrões de organização e eficiência ao nível do pior que se pode imaginar”.

Ao protesto do autarca, associou-se de imediato Francisco Marques, deputado do PSD, que diz já ter sido “premiado” com tempos de espera semelhantes.

A resposta do Ministério também não se fez esperar. No mesmo dia, o gabinete do ministro Pedro Marques respondeu a José Manuel Silva alertando para o facto de a delegação de Leiria  do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) ter registado, “na última quinzena de dezembro, uma afluência anormalmente elevada”.

Situando a média de tempo de espera, em dezembro, em 46 minutos, revelou que, “em alguns dias, como foi o dia 28, a afluência foi ainda mais elevada, tendo gerado tempos de espera ainda mais anormalmente elevados”.

Quanto ao edifício, a tutela refere que está identificado como prioritário para receber obras de beneficiação e modernização, e acrescenta que o IMT está a trabalhar na abertura de espaços nas Lojas do Cidadão

Em resposta ao REGIÃO DE LEIRIA, o conselho diretivo do IMT adianta por sua vez que a elaboração do projeto de remodelação da delegação deverá avançar no primeiro trimestre deste ano para que as obras possam ser executadas em 2017.

Sem pormenorizar intervenções, prazos ou investimento, o IMT refere que o projeto será desenvolvido de acordo “com o novo modelo de referência para as instalações do instituto”, mas que o quadro de pessoal, que conta com 18 funcionários, não será reforçado.

(Notícias publicadas nas edições de 12 e 19 de janeiro de 2016 do REGIÃO DE LEIRIA e editadas)

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt

Presidente da Assembleia Municipal diz-se "envergonhado" com o mau funcionamento e falta de condições do serviço (Foto: GoogleStreetView)

Presidente da Assembleia Municipal diz-se "envergonhado" com o mau funcionamento e falta de condições do serviço (Foto: GoogleStreetView)

Deixe um comentário

DDinis-MREC-14-03_curso-intensivo

Pergunta da Semana

Os pais que recusam vacinar as crianças devem ser responsabilizados criminalmente?

Loading ... Loading ...
Capa-Regiao-de-Leiria-edicao-4179-de-20-abril-2017.jpg
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com