lpm-peugeot-3008-800x100
Narciso Mota sai do PSD e candidata-se como independente a Pombal | Região de Leiria

Narciso Mota sai do PSD e candidata-se como independente a Pombal

O ex-presidente de Câmara de Pombal e atual presidente da assembleia municipal, Narciso Mota, desfiliou-se do PSD, e vai candidatar-se, como independente, ao município.

narciso_mota1-300x200"Sou candidato a presidente da Câmara Municipal de Pombal, para que não restem dúvidas", afirmou ontem, sexta-feira, Narciso Mota, perante um auditório cheio, na Caixa de Crédito Agrícola da cidade, o mesmo local onde em maio de 2016 já tinha assumido a sua vontade em ser candidato, na altura abrindo a possibilidade a uma candidatura independente ou pelo PSD.

A candidatura do atual presidente da Assembleia Municipal já tem lema - "Pombal Humano" - e até um programa que será "atualizado" no decorrer dos próximos seis meses, informou, numa conferência de imprensa onde tinha ao seu lado os ex-deputados da Assembleia da República eleitos pelo PSD Rodrigues Marques e Ofélia Moleiro.

"Coloquei-me à disposição do partido e das suas estruturas locais, regionais e nacionais, pelo qual concorri nos últimos 23 anos", informou o autarca que liderou a Câmara de Pombal durante quase 20 anos, sucedido por Diogo Mateus, atual presidente de Câmara e seu antigo vice.

Face à demora do PSD local na decisão sobre qual será o candidato do partido (cujo nome ainda não foi definido), Narciso Mota optou por avançar com uma candidatura independente.

"Já pedi a minha demissão da mesa de secção [do PSD de Pombal] e já me desfiliei do PSD, por escrito, com aviso de receção", salientou, referindo que se vai manter como presidente da Assembleia Municipal, caso os deputados assim o entendam.

Apesar de sair do PSD, Narciso Mota, quando questionado pela agência Lusa, afirmou que aceita o apoio de todos os partidos, da esquerda à direita, à sua candidatura.

O candidato realçou que esta será uma campanha "de afetos" - expressão utilizada por Marcelo Rebelo de Sousa nas presidenciais -, apostando numa candidatura que garanta um presidente com uma "vertente humana e empática".

No programa que distribuiu durante a sessão de apresentação já estão delineadas algumas promessas eleitorais, nomeadamente a construção de novas estruturas: uma piscina ao ar livre, um pavilhão desportivo na zona oeste de Pombal, uma pista de atletismo descoberta, um parque radical na zona do Açude, um parque de campismo na Mata Nacional do Urso, um albergue para apoio a peregrinos e um parque industrial, entre outras obras.

O programa perspetiva ainda, entre outras medidas, a implementação de rotas "PomBusNight", a elaboração de um plano de marketing para a praia do Osso da Baleia, a aquisição de um autocarro para apoiar instituições do concelho, o ordenamento dos terrenos baldios, a reabilitação urbana da zona histórica, a recuperação e revitalização de algumas aldeias, bem como a ampliação de quatro parques industriais existentes no município.

Uma resposta para “Narciso Mota sai do PSD e candidata-se como independente a Pombal”

  1. Heliodoro diz:

    Bem, desde que não seja ir(revogável) como diria Paulinho das feiras. Precisam_se candidaturas fora dos partidos, não volte atrás, pois seria vender_se e por a claro que o interesse partidário e a ânsia de ganhar a camarafala mais alto. Não precisa de apoios partidários para conseguir os seus objectivos. Não do sou Concelho, nem do Distrito, muito longe disso. Sempre passei férias em SILVEIRINHA PEQUENA e sei o que evoluiu, apenas as estradas precisam de conservação.

Trackbacks/Pingbacks


Deixe um comentário

DDinis-MREC-14-03_curso-intensivo

Pergunta da Semana

A vinda do papa Francisco a Fátima justifica uma decisão do Governo em dar tolerância de ponto no dia 12 de maio?

Loading ... Loading ...
Fwd:
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com