lpm-peugeot-3008-800x100
Natação | Região de Leiria

Tag Archive | "natação"

Faleceu Rodrigo Cardoso, vice-presidente do Bairro dos Anjos


Rodrigo Manuel Cardoso, vice-presidente da Associação Desportiva Bairro dos Anjos, em Leiria, faleceu esta tarde, aos 67 anos, vítima de doença.

Read the full story

Posted in Desporto, NotíciasComments (0)

Pedro Morouço eleito diretor da Federação Portuguesa de Natação


Pedro Morouço, docente da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS), do Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), integra a nova direção da Federação Portuguesa de Natação, que continua a ser liderada por António José Silva. Read the full story

Posted in Desporto, NotíciasComments (0)

Sair de casa para correr atrás do sonho desportivo


São jovens, eram menores de idade quando tomaram a decisão, trocaram de escola, fizeram novos amigos, saíram de casa dos pais e assumem que a cozinha não é o seu forte - felizmente, para eles, inventaram as cantinas. Treinam cinco a seis horas por dia e lutam diariamente para prosseguir o seu sonho: ser desportista de topo.

As histórias de Bernardo e Guilherme são apenas duas entre muitas que acontecem na região e no país. Não estão arrependidos. Antes pelo contrário. Sabem que para estar entre os melhores há sacrifícios a fazer e responsabilidades a assumir. E eles dão o corpo às balas, literalmente, pelo sucesso desportivo.

“Sair de casa aos 16 anos e ir para o Centro de Alto Rendimento (CAR) implicou uma responsabilidade maior em tudo. Estar longe dos pais, da família e dos amigos foi o mais duro”, conta Guilherme Pina, hoje com 18 anos, que vive no CAR de Rio Maior desde 2014.

Natural da Benedita, começou a praticar natação em 2004, quando a piscina local abriu. Tinha 6 anos. Percebeu que podia “atingir um nível mais alto” quando obteve a primeira internacionalização. “Nesse mesmo ano [2014] mudei-me para o CAR por minha escolha. Era algo que gostava imenso, competir!”, esclarece.

Guilherme Pina

Guilherme Pina

Mudou de escola, ficou longe dos amigos de então e conheceu novas pessoas. Ambientou-se, sem arrependimentos, ainda que admita que nos primeiros meses duvidou de tudo. “Houve muitos momentos que me senti em baixo mas o aumento do rendimento na natação melhorou e a partir daí nunca tive dúvidas. Trabalhei como ninguém para atingir este nível”, salienta.

O estatuto de atleta de alto rendimento, fruto dos resultados competitivos, contribuiu para a permanência mais desafogada em Rio Maior. Sem despesas a seu cargo, fez uma melhor gestão do seu desempenho. “Nos primeiros tempos tive a pressão dos resultados para poder continuar mas tive sempre muita confiança e, acima de tudo, trabalhei e tive consistência, psicológica e física. Sempre fui muito aplicado, responsável, concentrado e focado”, refere.

Fã de Michael Phelps, é especialista em provas de longa duração (400, 800 e 1.500 metros livres) e detentor dos recordes nacionais de 800 e 1.500 metros livres, no escalão júnior. Participou este ano no europeu de absolutos e na mesma competição em juniores e, a curto prazo, o Mundial 2017 em Budapeste é o objetivo. Depois segue-se Tóquio, em 2020. “Os sonhos não têm limites. Quero chegar aos Jogos Olímpicos”, afirma o atleta que este verão trocou o Benedita Sport Clube de Natação, onde começou a nadar, pelo Sporting.

Quatro vezes por semana, Guilherme Pina acorda às 5h30 para poder treinar antes de ir para a escola. Depois de almoço, volta à piscina e ao trabalho de ginásio, num total de 5h30 de treinos diários. Só o domingo, fora o período de competições, é de folga, altura que aproveita para visitar a família.

De Leiria para Espanha
Bernardo Roque fez uma mudança mais radical. Mudou-se, em setembro, de armas e bagagens, ou melhor de raquetes e bagagens, para Espanha. Aceitou o convite do Arena de Alicante para “continuar a crescer no ténis” e promete dar o melhor para responder à aposta que os pais o ajudam a concretizar.

Bernardo Roque

Bernardo Roque

“Quero evoluir em todos os aspetos, físicos, psicológicos e tenísticos. Não gosto muito de pensar no que tenho de fazer ou devia de fazer, apenas me limito a trabalhar e esperar pela minha oportunidade de crescer”, revela, consciente dos sacrifícios da família. “Os meus pais apoiam-me e sempre me apoiaram. Dizem apenas para dar o meu melhor”, acrescenta o atleta leiriense, enquanto eles “tratam” das contas.

A modalidade entrou na sua vida por acaso. Jogava futebol mas as raquetes e as bolas em casa dos vizinhos despertaram-lhe a atenção. Experimentou e a competição abriu-lhe o apetite. Frequentou o Centro Internacional de Ténis de Leiria (CITL) durante sete anos, representou o Boavista outros dois e surgiu a possibilidade de dar o salto. “Para poder progredir no meu sonho não me custou muito a decidir partir. Agora em relação à família, sim, custa sempre um pouco, mas era algo que sabia que tinha de enfrentar”, desabafa.

A partir dos 16 anos aprendeu a desenrascar-se. “Foi bom para perceber e sentir na pele o que é viver sozinho, ter que cozinhar, ... Sabia fazer o que precisava para o meu bem estar”, recorda o tenista. E que tal é na cozinha? “Safo-me!”, confessa.

O tempo livre acaba também por não ser muito. Bernardo Roque, de 18 anos, optou este ano por fazer uma pausa nos estudos e dedicar-se 100% ao ténis. Treina cinco a seis horas por dia e nas “pausas” ouve música, fala com os amigos em Leiria, via WhatsApp, ou descansa.

Quer jogar “até o corpo deixar e puder”. Gostava de conquistar um Grand Slam e repetir feitos de Nadal, Federer ou Djockovic, o seu preferido. Sabe que o caminho não será fácil mas também sabe que não vai baixar os braços.

Vários são os atletas da região com percursos desportivos parecidos com o de Guilherme e Bernardo. Hugo Gaspar no voleibol, Diogo Rafael no hóquei em patins, Pedro Ferreira no futebol ou Inácio Carmo no andebol, entre tantos outros. Porque tomar a (difícil) decisão de sair de casa e perseguir o sonho desportivo também os ajuda a ser atletas de topo.

Marina Guerra
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

(Artigo publicado na edição de 6 de outubro de 2016, publicado online a 18 de outubro de 2016)

Posted in Desporto, Destaque, Notícias, TénisComments (0)

Desperte o Phepls que há em si e nada


Será uma aula zero, que permitirá estimular o gosto pela natação, a quem nunca entrou numa piscina ou arriscou dar uma braçada. Read the full story

Posted in Desporto, NotíciasComments (0)

Nadador David Carreira vai aos Jogos Paralímpicos


David Carreira, nadador dos Bairro dos Anjos, confirmou hoje a sua participação nos Jogos Paralímpicos 2016, que acontecem entre 7 e 18 de setembro, no Rio de Janeiro. Read the full story

Posted in Desporto, Destaque, NotíciasComments (0)

Vamos atravessar a baía de S. Martinho do Porto a nado?


11722254_865102333583762_610734929972218484_o

Domingos Pinto-Coelho mal pode esperar para voltar a nadar de um lado ao outro de S. Martinho do Porto. Afinal, foi ele que lançou a já emblemática travessia a nado da baía. Domingo, com 63 anos em grande forma, lá estará novamente cheio de energia. Read the full story

Posted in Desporto, NotíciasComments (0)

Bairro dos Anjos reduz encargos com piscinas em 185 mil euros


Em apenas um ano, o Bairro dos Anjos (BA) reduziu o custo das três piscinas municipais (Leiria, Maceira e Caranguejeira) de 785 mil para 600 mil euros. Para o efeito contribuiu a renegociação de contratos com vários fornecedores. Read the full story

Posted in Destaque, Notícias, SociedadeComments (0)

Nós na Escola: Secundária Fernão do Pó (Bombarral)


Duas escolas deram lugar a uma única, remodelada e gigante, que recebe quase mil alunos. A fusão foi difícil, mas as feridas estão curadas.

Na Escola Fernão do Pó, que homenageia o navegador português do século XV com o mesmo nome, todos os alunos chegam ao 12º ano a saber nadar e também a patinar e jogar râguebi. No Bombarral, mais de metade dos alunos matriculados participa no Desporto Escolar.

Ali, também a restauração é um caso de sucesso, envolvendo cerca de uma centena de alunos.

Leia a reportagem sobre a Escola Secundária Fernão do Pó na edição do Região de Leiria de 11 de abril de 2013. Pode adquirir o jornal online aqui.

A intervenção da Parque Escolar juntou no Bombarral duas antigas e degradadas escolas (fotografia: Joaquim Dâmaso)

Posted in Destaque, Notícias, Sociedade, VídeosComments (0)

Web

Pergunta da Semana

A escolha dos candidatos a presidente de Câmara devia ser antecedida de eleições primárias?

Loading ... Loading ...
Capa-Regiao-de-Leiria-edicao-4159-de-09-de-dezembro-2016.jpg
Twitter RSS

Escreva-nos

foxyform
Região de Leiria
Newsletter Powered By : XYZScripts.com