Assinar Edições Digitais
Cultura

“20 anos, 20 músicas” assinala duas décadas de vida da EMOL

A Escola de Música do Orfeão de Leiria (EMOL) completa duas décadas de existência. Hoje iniciamos a publicação de 20 vídeos que, simbolicamente, assinalam os 20 anos da escola.

A Escola de Música do Orfeão de Leiria (EMOL) completa duas décadas de oficialização. Integrada no Orfeão de Leiria, ele próprio a festejar o 65º aniversário, é actualmente uma estrutura que envolve 56 professores, que ensinam 25 instrumentos a 600 alunos.

É um pouco desse trabalho que o REGIÃO DE LEIRIA vai mostrar nos próximos meses, em “20 anos, 20 músicas”.

Vinte vídeos de alunos, professores e orquestras da EMOL que, simbolicamente, assinalam os 20 anos da escola do Orfeão de Leiria que, desde o ano lectivo 2009/2010, tem autonomia pedagógica.

Para a directora pedagógica, Neuza Bettencourt, este projecto “vem projectar a instituição Orfeão de Leiria para o exterior, no que diz respeito aos seus intervenientes e ao próprio espaço físico”.

“Muitos conhecem o Orfeão de Leiria Conservatório de Artes apenas pelos vários concertos ou iniciativas que a instituição promove. Por trás dos alunos temos professores empenhados em desenvolver o melhor trabalho e que, neste caso, vão aparecer também em primeiro plano”, sublinha.

Os vídeos foram feitos nos diversos espaços do Orfeão e também na Igreja de S. Pedro e no Estádio Municipal de Leiria, onde também decorrem aulas.

O processo de produção dos vídeos ajudou, segundo a directora, a revelar uma “componente pedagógica pouco explorada nos conservatórios, uma vez que a experiência de gravação é mais meticulosa de que uma situação de aula ou até de concerto, dando uma percepção um pouco mais realista do trabalho que um músico faz em estúdio ou em gravação”.