Assinar Edições Digitais
Necrologia

Leonel Duarte dos Santos: Professor em Braga, militante em Ansião…

Leonel Duarte dos Santos, primeiro secretário da mesa da Assembleia Municipal de Ansião, faleceu na passada segunda-feira, 26 de março, aos 49 anos, vítima de doença do foro oncológico.

Leonel Duarte dos Santos, primeiro secretário da mesa da Assembleia Municipal de Ansião, faleceu na passada segunda-feira, 26 de março, aos 49 anos, vítima de doença do foro oncológico.

Leonel Duarte dos Santos

Natural de Constantina, aldeia daquele concelho do norte do distrito, Leonel Duarte dos Santos seguiu um percurso académico, respondendo à vocação para o ensino e para a investigação. Foi professor auxiliar na Universidade do Minho, nas áreas de ciências da computação e da informação e engenharia. Autor de quinze livros, publicou inúmeros artigos em revistas especializadas. Coordenou ainda sete projetos de investigação dos catorze em que participou. Em 2004 concluiu um doutoramento em tecnologias e sistemas de informação na Universidade do Minho.

Apesar de viver em Braga, nunca se desligou de Constantina, a sua aldeia de menino, e manteve sempre um papel ativo em Ansião. Em declarações ao REGIÃO DE LEIRIA, um amigo que preferiu não se identificar, recorda-o “simples, acessível, fácil de trato”.

Pelo PSD, Leonel foi eleito várias vezes para deputado municipal e primeiro secretário da mesa da Assembleia Municipal de Ansião nas décadas de 90 e 2000. Em 1998 chegou a tomar posse como vereador. Como autarca manteve a proximidade com todos. Chegou a coordenar o “Conselho de opinião local”, um projeto apartidário em que os cidadãos são incentivados a participar, a discutir ideias, a viver a democracia.

Membro ativo da Confraria Nossa Senhora da Paz e amante de teatro, impulsionou a criação da companhia “Olimpo”.

Rui Rocha, presidente da Câmara de Ansião e amigo pessoal de longa data, recorda que Leonel Duarte dos Santos, “mesmo longe, estava sempre presente”. “O seu desaparecimento foi prematuro”, referiu.