Assinar Edições Digitais
Necrologia

Telmo Neto: Uma vida entre o PS e o empreendedorismo

Moldes, associativismo e política ativa. Esta é a formulação tão sintética quanto incompleta, mas que permite perceber a abrangência de atividades e de ação que caracterizou a vida de Telmo Neto que, com 73 anos, faleceu na madrugada de domingo, dia 11, num estabelecimento hospitalar de Leiria.

Moldes, associativismo e política ativa. Esta é a formulação tão sintética quanto incompleta, mas que permite perceber a abrangência de atividades e de ação que caracterizou a vida de Telmo Neto que, com 73 anos, faleceu na madrugada de domingo, dia 11, num estabelecimento hospitalar de Leiria.

Natural da Marinha Grande, Telmo Neto desempenhou, entre outras funções, a presidência da concelhia do PS na Marinha Grande. Foi ainda diretor do jornal “O Correio”, presidente da cooperativa proprietária da Rádio Clube Marinhense e dirigente associativo na Sociedade de Instrução e Recreio 1.º de Maio, nos Bombeiros Voluntários da Marinha Grande e no Atlético Clube Marinhense. Na sua atividade empresarial, destacou-se pela vocação empreendedora na área dos moldes. Não menos relevante foi o seu papel no teatro político. Foi deputado da Assembleia da República e presidente da Assembleia Municipal da Marinha Grande. A sua relevância entre os socialistas foi sublinhada numa nota emitida na última terça-feira por António José Seguro, atual secretário-geral do partido. “Guardo dele a memória de um homem justo e fraterno, dotado de uma extraordinária capacidade de intervenção que captou e ajudou a formar muitos dos atuais quadros jovens que há no Partido Socialista de Leiria, para quem, também, o seu falecimento é uma grande perda”, adiantou o líder dos socialistas.