Select Page

Que construção de betão é esta que está a nascer junto à Ponte da Boutaca?

Que construção de betão é esta que está a nascer junto à Ponte da Boutaca?

É imponente, está a nascer junto à Ponte da Boutaca, na Batalha, e não deixa ninguém indiferente.

Trata-se de uma construção em betão que há vários anos está a ser implantada junto ao viaduto do século XIX (conhecido como Ponte da Boutaca), na vila da Batalha.

Situada junto à antiga Estrada Real que ligava Lisboa ao Porto, a construção de traços modernos, tem suscitado a curiosidade de quem passa no local. Mas não só: o impacto da edificação na paisagem circundante de vários pontos de interesse turístico e monumental também não passa despercebido.

“Trata-se de um processo sensível e que suscita a maior preocupação”, reconhece o presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista dos Santos. E porquê?

“Quer por se implantar numa zona de elevado valor patrimonial, quer por gerar evidentes impactos na paisagem”, explica.

Efetivamente, aquela é uma zona de interesse turístico, uma vez que para além da grande proximidade à Ponte do Boutaca, o imóvel está situado a escassos 200 metros do Mosteiro da Batalha e do centro de interpretação que marca a primeira posição das tropas portuguesas na Batalha de Aljubarrota.

A obra em causa é iniciativa de um investidor estrangeiro e tem registado “pouca evolução nos últimos 12 meses”, confirma o autarca em resposta ao REGIÃO DE LEIRIA. A construção foi licenciada há já quatro anos (em outubro de 2012) para a implantação de um estabelecimento de restauração e bebidas.

A proximidade da Ponte do Boutaca não foi impeditiva, uma vez que a obra mereceu parecer favorável da Direção Regional de Cultura do Centro, “entidade com parecer vinculativo em zona de servidão administrativa de Imóvel de Interesse Público”, adianta Paulo Batista Santos.

Inicialmente, a autorização de construção previa um prazo de 24 meses que foi esgotado. Depois de um primeiro pedido de extensão do prazo da licença, atualmente o município encontra-se a analisar um novo pedido para prorrogação das obras por mais um ano.

Ultimamente, não se tem registado qualquer evolução que permita antever que a conclusão da obra esteja para breve. Apesar da apreensão com o impacto do imóvel licenciado antes da sua chegada à presidência do município, Paulo Batista Santos é pragmático: “tendo sido objeto de licenciamento municipal, cumpre-nos assegurar que o projeto é concluído em conformidade e em tempo razoável”.

Obras estão licenciadas há quatro anos mas ainda não estão concluídas

Carlos S. Almeida
carlos.almeida@regiaodeleiria.pt

(Notícia publicada na edição de 27 de outubro de 2016)

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira página

Pergunta da semana

A carregar…

Concorda com as novas limitações à plantação de eucaliptos?

Obrigado por participar!
Já respondeu a esta pergunta.
Escolha uma das opções.


O TEMPO

29° Humidity: 94%
Clouds: 75%
Wind(WNW): 10kph
trovoada com chuva
Sábado
29° 26°
Domingo
33° 23°
Segunda-feira
29° 22°
Terça-feira
30° 23°
Quarta-feira
28° 23°
Quinta-feira
31° 24°
Sexta-feira
27° 19°

Facebook RL