Select Page

Ondas gigantes e circuito mundial são mote para vídeo da Nazaré (vídeo)

Ondas gigantes e circuito mundial são mote para vídeo da Nazaré (vídeo)

“Qual é o limite?”. A pergunta dá mote para um novo vídeo com imagens da Praia do Norte, na Nazaré, e um pequeno resumo do que aconteceu na etapa do Circuito Mundial de Ondas Gigantes, no passado dia 20.

O vídeo, da autoria de Antartik Studios, mostra mais uma vez a dimensão gigantesca das ondas que se formam na Nazaré, devido ao Canhão, e também a força da natureza.

Em outubro Jamie Mitchell já tinha experimentado. E gostou. As ondas (gigantes) da Praia do Norte, na Nazaré, eram mesmo gigantes e esperavam o dia perfeito para dar início ao Nazaré Challenge, a etapa do circuito mundial de ondas gigantes, a primeira vez em Portugal.

O momento chegou no passado dia 20 e o surfista australiano entrou na água, pelas 8 horas, sofreu atropelos constantes das ondas (tal como todos os participantes) e à hora de almoço já estava a levantar o troféu da etapa (na fotografia).

Mitchell dominou as ondas gigantes da Nazaré com 23,94 pontos na final, não dando hipóteses ao brasileiro Carlos Burle, que conseguiu um total de 13,00, mais 2,16 que o português João de Macedo. António Silva, o outro surfista português presente, acusou o cansaço e a dureza do mar, amealhando apenas 0,20 pontos.

“Estou realmente bastante feliz por estar aqui e vencer foi tudo o que procurei. Este mar é muito muito imprevisível, mas penso que consegui usar o meu conhecimento e alcancei um grande resultado”, afirmou.
Milhares de pessoas acompanharam a prova na areia ou junto ao forte de S. Miguel e muitas outras seguiram pela internet a competição.

Tanto João de Macedo como António Silva reconheceram o desgaste provocado pelo mar da Nazaré, mostrando-se ambos felizes com as prestações.

Foto: Praia do Norte

“Quando puxamos assim pelos nosso corpo e pelo nosso espírito, é natural que o corpo pague e, de alguma maneira, foi o que aconteceu. Estou a sentir-me bem, só estou um bocado zonzo porque estive muito tempo de baixo de água e levei com muitas ondas na cabeça”, explicou o surfista apurado na terceira posição.

Já António Silva mostrou-se “supercontente”: “Estou vivo, correu bem e vou para casa. Foi a minha primeira etapa de sempre e foi uma final. Provavelmente, deve ser a etapa mais mediática das ‘big waves’ “, confessou o atleta que ficou em 6º lugar na final.

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira página

Pergunta da semana

A carregar…

Concorda com as novas limitações à plantação de eucaliptos?

Obrigado por participar!
Já respondeu a esta pergunta.
Escolha uma das opções.


O TEMPO

25° Humidity: 78%
Clouds: 1%
Wind(W): 6kph
névoa
Quinta-feira
25° 25°
Sexta-feira
32° 22°
Sábado
34° 28°
Domingo
35° 26°
Segunda-feira
32° 25°
Terça-feira
27° 20°
Quarta-feira
27° 19°

Facebook RL