Contestado abate “indiscriminado” de árvores em Amor

Presidente da autarquia explica que a intervenção realizada em Amor, como noutras freguesias do concelho, decorre de uma obrigação legal e está prevista no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios.

Pergunta da semana

O Estado deve zelar pelas condições em que são contratados e integrados os trabalhadores agrícolas temporários?

Responder agora

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.