Select Page

Empreitada para reparar estragos em São Pedro de Moel começa na segunda-feira  

A empreitada de reparação dos estragados causados pelo rebentamento de uma conduta de água em São Pedro de Moel arranca na segunda-feira e vai durar uma semana, disse à Lusa a presidente da Câmara da Marinha Grande.

A autarquia contratou uma empresa especializada para efetuar a reparação “e repor a normalidade”, ao mesmo tempo que avançou ao longo do dia de hoje com medidas para atenuar o impacto do incidente, que provocou uma ‘cratera’ de vinte metros de extensão numa zona residencial, obrigando ao corte da circulação na rua Aníbal Bettencourt.

A presidente do município, Cidália Ferreira, disse à Lusa que a principal prioridade dos técnicos camarários ao longo do dia foi assegurar a segurança de duas residências situadas na zona onde se registou um aluimento da estrada, assente numa base de areia.

A força da água proveniente da conduta situada mais acima, na Avenida das Piscinas, provocou um desmoronamento de terras, arrastou o piso de paralelepípedos e alcatrão e destruiu passeios e muros de duas habitações, uma das quais permanente.

Ao cair da noite, e sob a orientação de um geólogo contactado pela câmara, os serviços da autarquia e alguns moradores na zona estavam a colocar proteções de plástico nos muros das residências, de maneira a evitar a infiltração das casas.

Proteções de cimento e plástico foram também colocadas no topo da rua, para tentar desviar a água da chuva e evitar mais aluimentos, que podem deixar em perigo real as duas habitações.

“As primeiras ações foram para tentar repor a normalidade possível. A partir de amanhã vamos tentar resolver definitivamente o problema”, resume a autarca.

A eletricidade já foi reposta e o abastecimento de água também. No local permanece a GNR de São Pedro de Moel.

Entretanto, foram registadas mais de uma dezena de quedas de árvores no distrito durante a tarde devido ao vento forte, informou fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria. Até ao momento, não há registo de danos.

Lusa

Nota: foto de imagem do vídeo partilhado esta manhã na rede social Facebook , alertando para o aluimento de terras

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

O Governo português informou a União Europeia que quer manter a mudança de hora. Concorda?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Share This