Select Page

Homem que degolou a mulher em Caldas da Rainha acusado de homicídio qualificado

O Ministério Público deduziu acusação por homicídio qualificado contra o homem que em novembro do ano passado degolou a mulher na casa do casal, em Chão da Parada, concelho de Caldas da Rainha.

Segundo nota divulgada hoje na página da Procuradoria da Comarca de Leiria, o crime ocorreu na madrugada de 20 de novembro, data em que o indivíduo, de 37 anos, se aproximou da mulher “que se encontrava deitada no sofá da sala” com “uma faca de cozinha com 20 cm de lâmina”. “Ato contínuo, desferiu um golpe na zona do pescoço daquela, tendo dessa forma provocado a sua morte”, refere o MP, acrescentando que o arguido cortou de seguida os seus pulsos, tendo feito ainda “um golpe no pescoço e outro no peito”. Ferimentos que motivaram a sua hospitalização.

Segundo notícia do REGIÃO DE LEIRIA publicada em novembro, o crime ocorreu pouco antes das 2h30 quando os três filhos do casal se encontravam a dormir, sendo que “não se terão apercebido de nada”.

O alerta foi dado pelo irmão do agressor a quem este pediu ajuda após a sua tentativa frustrada de suicídio.

O arguido, que se encontra em prisão preventiva desde 18 de dezembro, medida aplicada no âmbito do primeiro interrogatório judicial “por se verificar a existência de perigo de perturbação grave da ordem e tranquilidade públicas”, irá ficar detido até ao julgamento.

A investigação do caso foi desenvolvida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Caldas da Rainha com a Polícia Judiciária de Leiria.

Investigação foi desenvolvida pelo DIAP de Caldas da Rainha e PJ de Leiria

1 Comentário

  1. Humberto Silva

    Vamos ver se com a nova descentralização à uma nova reorganização dos tribunais por associação de municípios.

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

O Governo português informou a União Europeia que quer manter a mudança de hora. Concorda?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Share This