Select Page

Transformação digital feita de… Pessoas

Pedro alves

Pedro alves

Consultor de recursos humanos

Aqui estamos nós, é tempo de falar sobre transformação digital. Arrisco-me a dizer que tem sido um dos conceitos mais pesquisados nos últimos anos. Um estudo realizado recentemente afirma que a transformação digital é a principal preocupação dos CEOs, Diretores e Executivos.

E se de transformação digital falamos, torna-se fundamental envolver noções como estrutura, gestão e pessoas. É importante conhecer o historial da empresa para definir que mudanças serão implementadas e se interna ou externamente. Ter em consideração a estratégia da empresa, o que pressupõe analisar o estado de maturidade atual da organização e até onde poderá chegar. Presumir que todos os colaboradores se vão adaptar às mudanças facilmente e sem impacto na produtividade é um dos maiores riscos que as empresas poderão cometer.

O budget disponível não pode ser desconsiderado, ainda assim as ferramentas adotadas pelas empresas são de certa forma comuns no que toca à sua aplicabilidade. A forma como são utilizadas é que pode variar radicalmente, isto é, muitas das vezes os managers sentem que investiram tempo e recursos financeiros no processo de ativação digital, mas não entendem os motivos pelos quais os colaboradores não as utilizam. Por outro lado, os colaboradores têm conhecimento que as ferramentas existem, mas não sabem de que forma tirar proveito da sua existência e qual o seu impacto.

É possível observar que a mentalidade desempenha um papel determinante num processo de transformação, com o objetivo final de adotar uma cultura digital que se insira no ADN da organização. Ao criar e cultivar uma cultura que incentive uma mentalidade digital, as pessoas estarão melhor preparadas para impulsionar a maturidade digital da empresa e elevá-la à liderança digital.

Estou a chegar ao fim e até ao momento pouco se falou de tecnologia, uma coisa é certa: se as pessoas não adotam as mudanças, todo o investimento se perde e tal como refere George Westerman “Quando se trata de transformação digital, digital não é a resposta. Transformação é”.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *