É a subida mais branda das últimas duas semanas. Portugal regista um aumento de 349 casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas.

O número é avançado no boletim epidemiológico da Direção-geral de Saúde (DGS), confirmando um total de 16.934 casos confirmados em Portugal.

A zona Norte do país permanece como a região onde se concentra o maior número de casos (9.984), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (3.896), Centro (2.477), Algarve (284) e Alentejo (140). Nos Açores estão confirmados 94 e na Madeira 59, número que não se altera há vários dias.

Relativamente ao número de mortes, face ao dia de ontem, há um aumento de 3,2%, com 31 casos, situando-se agora o número total nas 535 vítimas, das quais 303 na região Norte e 123 na zona Centro. Acima dos 70 anos, a taxa de letalidade teve um aumento de 11,2%, afirmou a ministra da Saúde Marta Temido, há instantes, em conferência de imprensa.

O número de doentes com covid-19 recuperados mantém-se nos 277, já o número de utentes internados em unidades hospitalares é de 1.187 (mais dez), dos quais 188 em unidades de cuidados intensivos, menos 40 do que ontem.

É no escalão etário 50-59 anos que se situa o maior número de casos (2.942), seguido da faixa etária entre os 40 e os 49 anos (2.932). Acima dos 80 anos há 2.535 pessoas com covid-19, das quais 1676 são do sexo feminino.

As mulheres estão em maior número no total de casos confirmados em Portugal, 9.909 contra 7.025 homens.

Caldas da Rainha regista primeira morte

A Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria (CDPCL) identificou mais sete casos positivos no distrito de Leiria registando agora 202 casos, desde o dia 21 de março quando se confirmou a primeira infeção.

No relatório divulgado hoje, com dados referentes ao dia 12 de abril, há ainda registo de nove óbitos (oito em Pombal e um em Porto de Mós).

Ontem, pelas 22 horas, a OesteCim divulgou o primeiro caso de óbito em Caldas da Rainha.

A Comunidade Intermunicipal do Oeste divulgou nos últimos dias mais quatro casos de óbito por covid-19: dois na Nazaré, um no Bombarral e outro em Peniche, dados que ainda não constam do boletim distrital, tal como o óbito em Alvaiázere e divulgado já pelo REGIÃO DE LEIRIA.

Em Turquel, Alcobaça, o lar de Nossa Senhora da Conceição elevou para 13 o número de casos positivos no lar, dos quais dez utentes e três funcionários. Paulo Inácio, presidente da Câmara de Alcobaça, apelou, em declarações à TVI, à “rapidez em realizar os testes”, dado que os primeiros casos da instituição foram registados há 15 dias e só agora é que o foram divulgados os últimos resultados de alguns utentes.

Segundo o autarca há 18 casos positivos de covid-19 no concelho, embora o relatório da DGS só indique sete.

O mesmo documento dá conta, ao dia de ontem, de 23 casos em Alvaiázere, 4 em Ansião, 4 na Batalha, 3 no Bombarral, 7 em Caldas da Rainha, 4 em Figueiró dos Vinhos, 38 em Leiria, 12 na Marinha Grande, 3 em Óbidos, 26 em Ourém, 7 em Peniche, 32 em Pombal e 4 em Porto de Mós. A informação apresentada refere ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 81% dos casos confirmados. A DGS refere ainda que quando os casos confirmados são inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados.