Assinar
Sociedade

Dispositivo da Proteção Civil e esforço da população evitaram “catástrofe” em Leiria

Foram registados seis feridos leves, dois dos quais bombeiros. Todos eles já tiveram alta.

Segundo Gonçalo Lopes, o incêndio consumiu cerca de 3.500 hectares de floresta Joaquim Dâmaso

O dispositivo da Proteção Civil mobilizado para o combate ao incêndio que deflagrou ontem, terça-feira, na Caranguejeira, no concelho de Leiria, conjugado com o esforço da população evitou uma “catástrofe”, disse o presidente da Câmara, Gonçalo Lopes.

“Se não tivesse sido todo este dispositivo e esta capacidade de intervenção podia ter sido uma catástrofe. Quero deixar aqui um agradecimento aos bombeiros, à GNR, às forças de Proteção Civil em geral e também à população, que teve uma atitude bastante responsável e lutadora na defesa daquilo que é o seu património e as suas localidades”, afirmou esta manhã, em declarações ao jornalistas.

O autarca falava junto ao posto de comando, instalado na Boa Vista, numa altura em que o fogo estava já controlado, estando a ser realizadas “operações de rescaldo e de combate a alguns reacendimentos”, caso aconteçam.

De acordo com Gonçalo Lopes, o incêndio que atingiu também as freguesias de Colmeias, Boa Vista, Milagres, Souto da Carpalhosa e Ortigosa consumiu uma área estimada de 3.500 hectares de floresta.

“Os dados ainda estão a ser apurados, mas a indicação que me deram é que chega aos 3.500 hectares, o que é uma área significativa”, adiantou.

O incêndio provocou seis feridos leves, “que já tiveram alta”, dois dos quais bombeiros.

Ao nível de danos materiais, “nenhuma casa de primeira ou segunda residência foi atingida” pelas chamas e apenas casas devolutas ou anexos de casas ficaram danificados.

Durante a tarde, o dispositivo vai manter-se no local “em virtude dos ventos erráticos que se preveem e igualmente a temperatura”.

Pelas 14h10, estavam no local 331 operacionais, apoiados por 103 viaturas e um meio aéreo.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados