Select Page

Passageiro do tempo: A farsa da autonomia

O sistema de ensino, cada vez mais estatizado, precisa de uma revolução.

Tempo incerto: A ferrovia

No século XIX, os comboios eram o símbolo da sociedade industrial e do progresso.

Outras opiniões…

O meu diário: Carnaval

Atrevia-me a afirmar que as pessoas no mundo se dividem em 3 grupos: as que detestam o Carnaval, as que o adoram e as que o toleram com um sorriso de benevolência.

De ano velho a vida nova

Preocupa-me que a aparente falta de coordenação de dados clínicos, aliada à desconfiança e o desrespeito pela informação crítica facultada por familiares, possa ter sido a causa próxima da morte da minha mãe.

Tempo incerto: Leiria Cidade Natal

A comunidade atribui um particular significado às festas do Natal, não só pelo simbolismo religioso e cultural que encerra, mas também pelos valores que lhe são inerentes, como a paz, a família e a solidariedade.

O meu diário: Felicidade

Agradecer e receber agradecimentos são gestos diários que podemos implementar.

Tempo incerto: A memória colectiva

A memória gerada pelos actos do poder, condicionadora a nível ideológico e cultural, procura sobrepor-se aos silêncios da História local e nacional.

O meu diário: 2019

A idade mede-se pelo que desejamos e tal é ainda mais evidente nos desejos para o novo ano. Quanto mais velhos ficamos mais saúde vamos pedindo e menos bens materiais queremos.

Media e responsabilidade(s)

. Dá-se a infeliz coincidência deste 27 de Dezembro marcar a última edição do jornal da diocese de Leiria-Fátima, que sucedeu a O Mensageiro (1914-2013) e A Voz do Domingo (1933-2013). Um desfecho justificado pelo “pesado saldo negativo, resultado dos inevitáveis encargos financeiros e das reduzidas receitas que conseguiu garantir”.

O meu diário: Natal

Este jornal esta semana é um jornal solidário e quanto mais vendermos, mais vamos ajudar duas excelentes instituições. Por isso compre muitos, venda muitos e ofereça muitos.

Passageiro do tempo: Eles sabem tudo

Os deputados e deputadas são eleitos em listas e, portanto, sem qualquer escrutínio individual, pouco mais são do que um emblema partidário, poucos os conhecem, menos ainda os consideram.

Tempo incerto: Por um novo público leitor

Os jovens não lêem jornais e, quando muito, um ou outro desportivo, para aprofundar a cultura com maior expansão mediática. Da leitura de livros também se cansam com rapidez.

Passageiro do tempo: Pobres portugueses

Um em cada quatro portugueses são pobres, estão privados das condições necessárias para ter acesso a uma vida digna. E o que faz cada um de nós para ajudar a reduzir a pobreza?

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a redução de 50% do tarifário dos passes dos transportes públicos?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Guia do Fim de Semana


Subscreva o nosso guia e descubra as melhores propostas culturais e de entretenimento disponíveis na região

Obrigado! Subscreveu com sucesso o nosso guia de fim de semana.

Share This