Assinar Edições Digitais

Hoje escrevo assim: Copiem os meus discos!

Dia 10 de Maio de 2014 comemora-se o segundo aniversário do falecimento do músico Bernardo Sassetti.

Ana-lucia-bento
Ana Lúcia Bento, empresária ana.bento@inoeh.pt

Dia 10 de Maio de 2014 comemora-se o segundo aniversário do falecimento do músico Bernardo Sassetti. Um dia que será recordado a 11 de Maio, pelo amigo Mário Laginha, em Viana do Castelo, a propósito da reedição do álbum “Abril a Quatro Mãos – Grândolas”, gravado em 2004 pelos dois amigos, com canções diretamente relacionadas com a revolução, como “Grândola, Vila Morena” e que resulta de um desafio do musicólogo Ruben de Carvalho, nos 30 anos do 25 de Abril.

É uma data triste, mas que deve ser comemorada com alegria!

Com a alegria de quem vivia apaixonado pela vida, de quem se entregava ao prazer da música, da fotografia e do cinema. De quem dizia: “À vontade, copiem os meus discos. Pirateiem a minha música à vontade, mas oiçam-na!”

O músico partiu mas deixou-nos as pautas, o silêncio, a música, as imagens, as histórias, a sua revolução. Uma revolução pacífica, que nos mudou para melhor.

Para quem, como eu, teve o prazer de o conhecer, viverá certamente com a certeza que há pessoas verdadeiramente especiais, que nos nos fazem mais inquietos, mais sonhadores, mas crentes do que o Viver deverá ser.

A sua música hoje vive sozinha. Tem corpo. Tem alma. Tem-nos a nós.

Copiem-na!

(texto publicado na edição de 24 de abril de 2014)