A fama surfa boas ondas, com direito a fã-clube informal por parte de atletas internacionais como o recordista Garret McNamara. E justifica-se: no espaço de três pequenas salas serve-se o melhor do mar há 19 anos e isso inclui os raros carapaus em versão fresca. Ao leme está a chefe que dá nome ao estabelecimento e responde pela sensação de rede cheia vinda tanto da açorda de mariscos “à Celeste” quanto da massa do mar, feita rigorosamente sob a lei de peixe do dia. Para acompanhar, as migas de feijão frade e couve não dececionam.