Aberta em 1986, o projeto é fruto do casal Evangelista Graça e Maria de Lurdes e ainda hoje se mantém familiar através do filho, responsável pelo negócio capaz de acolher 300 pessoas ao ritmo de uma orquestra de 40 funcionários. Quando o assunto é ementa, a divisão vem clara e por escrito: sempre e quase sempre. Para todos os dias há filetes de pescada, bacalhau frito e panados, os três acompanhados pela especialidade da casa: o apurado arroz de tomate servido em tacho. Já criações do tipo borrego à moda de Pombal são parte sazonal e requerem pedido na ala direita, direcionada ao serviço mais cuidado.