Nem vale a pena procurar bacalhau na ementa porque não há. O peixe fresco da costa portuguesa reina em supremacia há 25 anos e não há quem ouse mudar tal facto. Distante dos pontos mais turísticos da cidade, mas próximo da lota, o resultado está à vista. Curiosos são os nomes de alguns dos pratos principais, a começar pelos afamados sequinhos. Receita versátil com garoupa, raia ou cancarro, concorre com o robalo à moda de Peniche e a açorda de ovas. Importante mesmo é saber que, quando em terra, há alternativa vinda do mar: o ingrediente principal tanto pode surgir da grelha como do tacho.