Ao entrar no espaço pode ter-se a sensação de estar num antigo filme francês ou de regresso ao Portugal do século passado. A decoração típica de brasserie tem mesmo esse propósito já que a ementa transita entre países e faz chegar à mesa peixe e mariscos do mar ali próximo, mas também carnes e massas. Neste cenário, a inclinação mediterrânica é a que prevalece e dá margem para toques de atualidade como no bisque de navalheira em crosta folhada. Com sotaque français serve-se entrecôte grelhado com molho béarnaise e gratin de batata, além da doce e clássica tarte tatin.