Lá se vão quase 60 anos desde que os pais de Elisabete Real começaram a fazer feijoada, num misto de tasca e mercearia, e ganharam popularmente o nome que tem hoje o restaurante. Com nova morada, ao pé da entrada da Batalha, a famosa mesa de degustação apresenta o melhor da gastronomia portuguesa sob o título de “saborear Portugal”. Nada mais apropriado para os acepipes – mais de 30 – e para os pelo menos 12 tipos de queijos vindos de várias zonas do país. Após as entradas, é possível provar as quatro opções de pratos principais disponíveis, sendo uma sempre com o bacalhau que ganhou fama além-mar.