Assinar
Sociedade

Corpo de estudante identificado, segundo corpo encontrado em Peniche

Um segundo corpo foi descoberto, hoje à tarde, em Peniche, e é de um dos quatro pescadores que estavam desaparecidos. O primeiro corpo detectado ao início da manhã já foi identificado.

Um segundo corpo foi descoberto, hoje à tarde, em Peniche, e é de um dos quatro pescadores que estavam desaparecidos desde quinta feira passada. O primeiro corpo detectado ao início da manhã já foi identificado e trata-se do estudante de Porto de Mós.

O Comandante da Capitania de Peniche, Luís Patrocínio Tomás, confirmou que o  corpo “foi encontrado a cinco milhas da costa”, por uma embarcação de pesca que se encontrava na zona da Praia da Areia Branca, a sul de Peniche.

O corpo foi apanhado numa rede de arrastão, revelou a mesma fonte, pelas 16h30 de quarta-feira.

Já ao início da manhã, foi encontrado outro corpo, a um quilómetro do Cabo Carvoeiro.

O corpo já foi identificado. Trata-se de Luís Vala, de 22 anos, o estudante que na terça-feira de madrugada tinha caído de uma falésia.

O jovem era natural de Porto de Mós e estudante da Escola Superior do Turismo e de Tecnologia do Mar, em Peniche. Foi reconhecido por familiares, durante a tarde de hoje, no Gabinete do Instituto de Medicina Legal de Torres Vedras.

Recorde-se que o  jovem caiu, quando se deslocou ao local, mais dois amigos para ver o estado do mar.

Teresa Mouga, directora da ESTM, adiantou ao REGIÃO DE LEIRIA que terá sido o interesse e curiosidade que levaram os jovens a irem ver o mar em “dia de tempestade” quando sairam da escola já depois da meia-noite.

Os outros dois estudantes conseguiram salvar-se apesar de terem alguns ferimentos.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.