Assinar
Sociedade

Professores das AEC de Alcobaça sem receber desde outubro

Os professores das AEC (atividades de enriquecimento curricular) de inglês, em Alcobaça, estão sem receber desde outubro do ano passado.

Os professores das AEC (atividades de enriquecimento curricular) de inglês, em Alcobaça, estão sem receber desde outubro do ano passado.

A denúncia foi feita há dias pelo Sindicato dos Professores da Região Centro, depois de uma reunião com alguns docentes.

“Em dívida com os professores”, refere o sindicato, “estão o Instituto de Artes Musicais e a empresa Futurschool” que devem os salários entre outubro do ano passado e março deste ano.

A situação foi denunciada no decorrer da reunião da Câmara de Alcobaça, no período da intervenção do público.

“A situação é sobejamente conhecida”, começou por dizer Ana Ribeiro, professora de inglês nas AEC. Segundo a docente, a nova empresa contratada pela autarquia, a Futurschool, “tem estado a pagar aos poucos” mas “continuamos com problemas”, explicou, dizendo desconhecer os critérios da empresa. “Trabalhamos sem sermos pagos”, frisou.

Segundo Ana Ribeiro, “a Câmara pagou tudo o que tinha a pagar, no entanto há pessoas que ainda não receberam”, concluiu.

Ainda segundo a Direção Distrital de Leiria do sindicato, os professores em causa “estão a recibos verdes”, uma situação considerada “ilegal e com consequências na contagem do tempo de serviço prestado, para efeitos de concurso”.

(notícia publicada na edição de 13 de abril de 2012)

AL

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.