Frederico Silva. Deve registar este nome. Porquê? Trata-se de um jovem da região que está a dar nas vistas no circuito mundial de ténis e que atinge patamares pouco frequentes em alta competição.

Natural de Caldas da Rainha, Frederico aposta na concentração – e um pouco de música – antes de bater as primeiras bolas. Depois o jogo flui naturalmente. “Sou um jogador bastante competitivo. Esse é um dos meus pontos fortes, assim como a minha concentração e calma durante o jogo”, explica ao REGIÃO DE LEIRIA, dias antes de partir para o torneio Roland Garros, em Paris, pelo segundo ano consecutivo.

Esquerdino, o tenista de 16 anos é dotado de uma forte pancada com uma pitada de efeito q.b. para dificultar a tarefa do adversário. A técnica está lá, resultado das cinco a seis horas diárias a que se dedica há mais de uma década.

Bom aluno, consegue conjugar o ténis com a escola, apesar de passar 20 a 30 semanas por ano fora de Portugal, em competição ou treinos. No ano passado foi surpreendido por um convite de Rafael Nadal para treinar com ele, durante uma semana, em Maiorca, Espanha. Em fevereiro renovou o convite. “Foi espetacular, respira-se ténis o dia inteiro”, afirma Frederico Silva.

E os últimos resultados alcançados começam a delinear um novo rumo para Frederico Silva. A pouco e pouco começa a deixar os torneios para juniores e participa em provas profissionais com o intuito de ganhar pontos ATP e conquistar um lugar no ranking profissional. Até ser número 1, quiçá.

Leia mais na edição em papel ou online de 8 de junho de 2012.

Marina Guerra (texto)
marina.guerra@regiaodeleiria.pt
Joaquim Dâmaso (fotos)
joaquim.damaso@regiaodeleiria.pt