Select Page

Dérbi de andebol no feminino marca início de campeonato

Dérbi de andebol no feminino marca início de campeonato

Há novas caras, algumas trocas, regressos, saídas, novos desafios e objetivos diferentes. A época de andebol que arranca este sábado, dia 14, coloca frente a frente as duas equipas da região, no eterno dérbi feminino da modalidade: Juventude Desportiva do Lis (Juve Lis) e Colégio João de Barros encontram-se na primeira jornada do campeonato.

Inês Silva, da Juve Lis, é uma das baixas desta época. Terminou a sua carreira

Mas vamos por partes. Depois de anos e anos com o duelo “Afra – Félix”, o cartaz de sábado anuncia “Machado – Félix”. Rui Machado é o novo treinador da Juve Lis, após a saída, por razões pessoas de André Afra. O agora técnico das meninas da Juve conhece bem a casa. Treinador do clube leiriense há cinco épocas, sempre entre rapazes, nos escalões juniores e seniores, encara este “convite” como um “grande desafio e o sonho de qualquer treinador poder jogar ao mais alto nível contra as melhores equipas”.

O encontro com o CJB “é apenas um jogo entre duas grandes equipas ‘rivais’ dentro do campo, mas parceiras extra jogo”, considera Rui Machado, que perdeu atletas para a formação das Meirinhas: Gizelle Carvalho e Mariama Sanó, e Inês Silva que abandonou a competição.

No entanto, nada está perdido: “A saída de algumas atletas que fizeram parte da história do clube, permitiu com que se abrissem novas portas e mais espaço para atletas mais jovens, com muito valor e com uma enorme vontade de vencer”, argumenta. “Aliando esta juventude e irreverência com a enorme vontade em triunfar, o que podemos prometer é muita luta, espírito de sacrifício para elevar o bom nome do clube e afirmar a Juve Lis como uma das quatro melhores equipas a nível nacional”, acrescenta.

Paulo Félix preferia arrancar o campeonato com outro adversário, mas este será mais um jogo em que a equipa vai entrar para vencer. “Tenho a certeza que a nossa equipa vai crescer muito ao longo do campeonato, temos outras soluções que não tínhamos no passado e quando tivermos todas as atletas integradas penso que iremos construir um grupo muito forte”, afirma o treinador do CJB, vice-campeão nacional e finalista da Taça de Portugal, que procura “fazer a melhor época da história do clube”. Ana Paula Costa, Ana Isabel e Raquel Ribeiro são outras entradas no Colégio João de Barros.

Em comum, os dois técnicos desejam boas prestações ao adversário e fazer da modalidade em Leiria “uma referência do andebol nacional”.

Sábado, a partir das 16 horas, Juve Lis e João de Barros dão início ao campeonato, no pavilhão da Juve Lis, em S. Romão, Leiria.

Marina Guerra
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

As autarquias deveriam aplicar coimas aos feirantes pelo lixo deixado no recinto dos mercados de rua?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo