Assinar Edições Digitais
Sociedade

Ex-presidente da União de Leiria SAD envolvido em burla de um milhão de euros

O ex-presidente da SAD da União de Leiria é suspeito de estar ligado ao caso de burla qualificada e falsificação de documentos.

O ex-presidente da SAD da União de Leiria é suspeito de estar ligado ao caso de burla qualificada e falsificação de documentos, que culminou na detenção de um comerciante e um gestor em Braga e em Guimarães.

João Bartolomeu foi presente a tribunal em 2012 (foto: Arquivo/Joaquim Dâmaso)
João Bartolomeu foi presente a tribunal em 2012 (foto: Arquivo/Joaquim Dâmaso)

A detenção dos dois homens foi hoje anunciada pela Policia Judiciária. Entretanto, várias notícias hoje publicadas, reportam-se a uma fonte daquela força policial, citada pela agência Lusa e que já confirmou que os dois suspeitos colaborariam com um terceiro arguido, o ex-presidente da União de Leiria, João Bartolomeu.

A PJ adiantou ao início desta tarde que “de acordo com os elementos de prova coligidos no decurso da investigação, os detidos, com a colaboração de outro arguido, participaram na elaboração e consumação de um plano que consistiu na sucessiva apresentação a desconto de dezenas de títulos de crédito falsos”. Uma prática que terá provocado um prejuízo superior a um milhão de euros.

João Bartolomeu foi presente ao Tribunal de Leiria a 16 de outubro do ano passado, tendo saído em liberdade, obrigado ao pagamento de uma caução de 70 mil euros e a apresentações semanais às autoridades.

Segundo o comunicado divulgado na altura pela autoridade policial, suspeitava-se que os “prejuízos patrimoniais”, originados pelos crimes de que está indiciado, sejam “superiores a um milhão de euros”.