Assinar
Sociedade

Autogrua cai e parte cruz da igreja de Caldas da Rainha

Uma autogrua caiu esta manhã no centro da cidade de Caldas da Rainha, quando procedia à desmontagem de uma outra grua utilizada nas obras de construção do parque de estacionamento subterrâneo.

Uma autogrua caiu esta manhã no centro da cidade de Caldas da Rainha, quando procedia à desmontagem de uma outra grua utilizada nas obras de construção do parque de estacionamento subterrâneo.

Igreja e praça 25 de Abril antes da construção do parque de estacionamento
Praça 25 de Abril antes da construção do parque de estacionamento

Ao tombar, cerca das 10h30,  o equipamento partiu a cruz de pedra da igreja. Não houve vítimas a registar, embora o manobrador e condutor da máquina tenha sido levado ao hospital por precaução.

Ao REGIÃO DE LEIRIA, José António Silva, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Caldas da Rainha, explicou que, durante a operação, “o chão cedeu bem como uma das sapatas onde estava assente a grua, que tombou e caiu em cima da cruz da igreja”.

Quanto ao motorista, “foi ao hospital apenas por precaução” dado o seu estado de nervosismo, adiantou o responsável, referindo que, para além da queda de algumas pedras do templo, os danos ficaram limitados à zona da obra, em curso na praça 25 de Abril.

“A situação já foi comunicada à ACT [Autoridade para as Condições do Trabalho], que vai averiguar o que se passou e determinará a suspensão da obra até haver condições para prosseguir”, afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Tinta Ferreira.

A suspensão da obra “é prejudicial porque iríamos iniciar a construção da última de quatro escadas de saída do parque”, mas o que há a sublinhar é que “não houve vítimas”, ressalvou o autarca.

No local estiveram 10 bombeiros da corporação das Caldas da Rainha, com uma viatura de desencarceramento e ambulâncias, apoiados por dois bombeiros e uma autoescada da corporação de S. Martinho do Porto.

O parque de estacionamento foi concessionado à empresa Edinorte em dezembro de 2013 e está a ser construído na praça onde se situam os edifícios da câmara, das finanças, do tribunal e da igreja.

Trata-se de um investimento de quatro milhões de euros integrado no projeto de regeneração urbana que a Câmara está a desenvolver em várias ruas do centro da cidade.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt
Fotografia: Panoramio

 

 

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.