O projeto “Brincar de Rua” foi um dos vencedores do City Challenge Coimbra, com o prémio Big Smart Cities, uma iniciativa da Vodafone e da Erickson que tem por objetivo “descobrir e apoiar ideias de negócio de base tecnológica que melhorem o dia-a-dia de quem vive, visita e/ou trabalha nos grandes centros urbanos”.

_MG_6913
Foto: Joaquim Dâmaso

Em comunicado, a Ludotempo – Associação de Promoção do Brincar, entidade promotora do “Brincar de Rua”, esclarece que o prémio distingue o carácter inovador do projeto.

A ideia materializou-se em setembro do ano passado no bairro dos Capuchos, Leiria. Na prática, permite criar grupos comunitários de brincar através de uma rede digital envolvendo famílias e entidades locais. São estes que se constituem como “embaixadores do brincar” e que, apoiados por um sistema de geolocalização, monitorizam as crianças enquanto estas se entretêm na rua.
Reduzir o número de crianças com baixa atividade física e com excesso de peso, promover o desenvolvimento de competências pessoais e sociais nas crianças e, ao mesmo tempo, contribuir para a coesão das comunidades locais são os objetivos do projeto.
A Ludotempo acrescenta que o “Brincar de Rua”, que já tinha sido reconhecido pela Gulbenkian como um dos 10 projetos mais inovadores de 2016 no prémio FAZ IOP.
Neste momento, a associação encontra-se à procura de monitores e a registar pré-inscrições para os próximos grupos comunitários de brincar que se vão constituir em Leiria. O projeto tem a ambição de fazer chegar a todo o país esta iniciativa que “permite utilizar a tecnologia para devolver as crianças ao seu espaço natural de brincar: a rua e o bairro”, refere o mesmo comunicado.
O Brincar de Rua conta com o apoio e a parceria da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Politécnico de Leiria, da Câmara Municipal de Leiria, União de Freguesias de Leiria, Barreira, Pousos e Cortes, o Instituto Português do Desporto e Juventude e, informalmente, com a PSP Leiria, através do programa Escola Segura.
Em novembro do ano passado, o REGIÃO DE LEIRIA acompanhou uma das sessões do “Brincar de Rua”. Leia aqui a reportagem.