Select Page

Buscas para encontrar Francisco Varatojo retomadas esta manhã

As buscas para encontrar o diretor do Instituto Macrobiótico de Portugal, Francisco Varatojo, que desapareceu na quinta-feira enquanto mergulhava na zona do Cabo Espichel, em Sesimbra, foram retomadas às 06h30 de hoje, disse uma fonte da Marinha.

Fonte do Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo adiantou à Lusa que as buscas foram retomadas às 06:30 com vários meios da Polícia Marítima e uma aeronave da Força Aérea.

As buscas tinham sido interrompidas na quinta-feira ao pôr-do-sol.

Natural de Leiria, o diretor do Instituto Macrobiótico de Portugal, Francisco Varatojo, desapareceu enquanto mergulhava disse à Lusa na quinta-feira uma fonte da escola de mergulho proprietária da embarcação utilizada no mergulho.

“Infelizmente, posso confirmar que o mergulhador desaparecido é o senhor Francisco Varatojo, numa situação que lamentamos muito. Era um grupo que costumava mergulhar”, disse Leandro Pereira, da escola de mergulho Megadive.

O mergulhador desapareceu na zona da Pedra de Arcanzil, entre o Cabo Espichel e o Porto da Baleeira.

“Ao final da manhã ocorreu um acidente de mergulho. O grupo estava na zona a fazer mergulho, até que deram por falta de um deles. Mergulharam de imediato, mas já não o viram”, disse Luís Nicholson Lavrador.

Assim que ocorreu o acidente, as autoridades foram logo contactadas e de imediato deslocaram vários meios para o local e iniciaram as buscas.

Entretanto, ao final da tarde de ontem, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) divulgou informações suplementares sobre o contexto do desaparecimento. Referindo-se a “informações disponibilizadas pela escola de mergulho”, a AMN adianta que Francisco Varatojo estava a praticar mergulho “juntamente com um grupo de 6 pessoas”.

“Terão sido os restantes mergulhadores que, ao vir à superfície, detetaram a sua falta. Voltaram novamente a mergulhar para tentar encontrar o colega, mas sem sucesso. Foi nesse momento que deram o alerta para o desaparecimento do mergulhador”, refere a nota da AMN.

De imediato, “foram deslocadas para o local uma embarcação com uma equipa do Grupo de Mergulho Forense da Polícia Marítima e uma mota de água da Estação Salva-vidas de Sesimbra”, acrescenta.

CSA com Lusa

Responder

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira página

Pergunta da semana

A carregar…

Concorda com as novas limitações à plantação de eucaliptos?

Obrigado por participar!
Já respondeu a esta pergunta.
Escolha uma das opções.


O TEMPO

27° Humidity: 54%
Clouds: 90%
Wind(NW): 19kph
tempo nublado
Terça-feira
27° 20°
Quarta-feira
28° 21°
Quinta-feira
31° 22°
Sexta-feira
31° 25°
Sábado
26° 21°
Domingo
27° 18°
Segunda-feira
30° 20°

Facebook RL