Select Page

População de Caranguejeira consternada com morte da “cozinheira Irene”

A população de Caranguejeira, Leiria, está consternada com a morte de Irene Brigído, mais conhecida como cozinheira Irene, na sequência de um acidente ocorrido esta quarta-feira, na Sérvia, para onde viajara com a família para assistir ao casamento do filho.

A filha, que está grávida, sofreu ferimentos graves e está hospitalizada. Encontra-se em situação estável e fora de perigo assim como o bebé, adiantou ao REGIÃO DE LEIRIA Joaquim Mónico, presidente da Junta de Freguesia da Caranguejeira.

Segundo informação que lhe foi transmitida, a família – Irene, o marido, a filha e o genro – viajou de avião até à Hungria, tendo alugado um carro no aeroporto para seguir caminho. Na autoestrada, o veículo avariou, tendo sido alertada a polícia que se deslocou ao local. Estavam todos na faixa de segurança quando o condutor de um outro carro terá parado para pedir informações aos agentes. Terá sido então que uma terceira viatura embateu na segunda, que por sua vez atropelou Irene Brígido e a filha, Patrícia, que se encontravam junto aos rails. O acidente terá ocorrido ao final da tarde.

Irene Brígido, muito acarinhada na freguesia, era cozinheira na EB 2,3 Dr. Correia Alexandre e colaborava na maioria dos eventos que decorriam na vila e lugares vizinhos, promovidos pela paróquia, associações e instituições locais. 

“Era muito prestável e sempre que era solicitada estava sempre disponível, nunca dizia que não”. Antes de viajar terá mesmo deixado tudo orientado para a realização do Festival do Porco, que estava agendado para este fim de semana. “É uma perda tremenda”, considera o autarca, que ficou chocado com a notícia que também abalou a  freguesia.

Em homenagem a Irene Brígido, a paróquia decidiu adiar a Festa da Família Paroquial da Caranguejeira – Festival do Porco, para data ainda a anunciar. Também o Festival de Música Infantil, marcado para domingo, foi adiado.

Joaquim Mónico refere ainda que a Junta de Freguesia foi contactada esta quinta-feira por um amigo do noivo, que também viajou para a Sérvia, para pedir uma certidão de modo a acelerar a trasladação do corpo da vítima para Portugal.

MR

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Primeira Página

Publicidade

Publicidade

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com um agravamento de 30% na quota de condomínio para os proprietários de alojamento local?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Região de Leiria no Facebook

Subscrição de newsletter

Share This