Select Page

Calcário nas tubagens afeta abastecimento de água em Porto de Mós

Calcário nas tubagens afeta abastecimento de água em Porto de Mós

É uma impressionante quantidade de calcário e acumulou-se ao longo dos anos nas tubagens da rede de abastecimento de água na zona da Mendiga, Porto de Mós. De tal forma que obrigou à substituição de condutas.

A foto, que demonstra a quantidade de calcário nas condutas, foi esta quinta-feira, dia 27, disponibilizada pela Câmara de Porto de Mós.

A acumulação de calcário nas condutas de abastecimento de água na Mendiga e Bem-posta, localidades do concelho de Porto de Mós, obrigou à substituição de mais de 50 metros de tubagem.

“No seguimento das obras de requalificação da rede de condutas de água do concelho de Porto de Mós e tendo-se verificado um agravamento das condições de fornecimento de água aos lugares da Mendiga e Bemposta, no que diz respeito à quantidade, foi detetada uma obstrução das condutas devido a elevados depósitos de calcário na sua secção”, refere a autarquia em comunicado hoje divulgado.

Ainda foram ensaiados “trabalhos de desobstrução de condutas, com recurso a injeção de água a alta pressão”, mas essa técnica revelou-se “ineficaz”. Consequentemente, “foi necessário proceder à substituição de uma extensão de tubagem de mais de 50 metros, sendo que a situação já se encontra resolvida na parte alta da freguesia da Mendiga”, revela o município.

A Câmara de Porto de Mós adianta que se prevê que “os trabalhos decorram até ao final da próxima semana”, solicitando ainda a compreensão para “alguns constrangimentos que possam ocorrer no fornecimento de água”.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo