Select Page

Ciclista de Leiria superou expectativas na 81.ª edição da Volta a Portugal

Pedro Lopes, o único ciclista leiriense a participar na 81ª Volta a Portugal Santander, que terminou ontem, domingo, ultrapassou as expectativas e, nalguns momentos, superou-se. “Em certos momentos não esperava ter tão bom resultado, mas acabou por surgir esta classificação”, disse ao REGIÃO DE LEIRIA.

O ciclista natural de Monte Redondo, concelho de Leiria, terminou a prova em 54º lugar, ou seja a meio da tabela de classificação, entre os 103 atletas que completaram o desafio. Foi com o dorsal 155 que representou a UD Oliveirense/InOut Build.

O objetivo principal – chegar ao fim da prova – foi superado e a classificação foi um acréscimo para o ciclista de 20 anos. “Para primeira participação faço um balanço positivo, correspondi às expectativas”.

As mudanças abruptas do estado do tempo foram as principais dificuldades encontradas. “No início apanhámos muito calor, e no final já apanhámos uns dias com chuva”, explica acrescentando que o ritmo da prova foi, também, difícil de acompanhar.

Num total de 1 531,3Km percorridos entre os dias 31 de julho e 11 de agosto, foi a primeira vez que Pedro Lopes participou numa prova com tantas etapas (10) mas assegura: “senti-me preparado porque trabalhei para estar bem”.

Ao nível da equipa, que conseguiu o 6º lugar na classificação final, o jovem afirma que “foi melhor do que se estava à espera” e que “foi melhor do que no ano passado”.

Por estes dias, está em recuperação, mas garante que “agora é para continuar” com os bons resultados e que o verão vai ser passado em cima da bicicleta, já que as férias só chegam no final de setembro.

Até ao fim do ano, o ciclista conta participar em mais quatro provas, onde se inclui a Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros (sub-23), já entre os dias 5 e 8 de setembro.

No rescaldo da 81ª Volta a Portugal Santander, o destaque vai para o pódio final que, pela primeira vez desde que a prova entrou no calendário internacional (em 1991), foi composto apenas por ciclistas portugueses.

João Rodrigues (W52-FC Porto) acumulou os prémios Camisola Amarela Santander e Prémio Kombinado Kia. Na mesma equipa, Daniel Mestre levou para casa a Camisola Verde/Rubis Gás pela classificação por pontos. Já a Camisola Azul/Liberty Seguros foi entregue a Luís Gomes (Rádio Popular-Boavista), que ganhou o Prémio da Montanha e, por fim, a Camisola Branca/Jogos Santa Casa foi de Emanuel Duarte (LA Alumínios-LA Sports), vencedor da juventude.

JM/PD

Pedro José Lopes é natural de Monte Redondo

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Publicidade

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda com a criação do Museu Salazar?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo

Share This