“De uma porta ouve-se o violino, logo ao lado uma guitarra, em frente o órgão, em baixo as vozes do coro juvenil. Lá ao fundo as escalas do piano, a voz grave do professor de História da Música e os ritmos dos instrumentos de percussão”. É assim que a Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP) levanta um pouco o véu ao que se passa, diariamente, na sua Escola das Artes.

Para partilhar toda essa vida artística, a SAMP promove a partir de hoje, 13 de janeiro, e até dia 18, o “Escola de Artes SAMP de Portas Abertas”, convidando toda a comunidade – especialmente os mais novos – a conhecer o que acontece nas múltiplas aulas e ensaios.

“Afinal, o que se passa atrás de cada porta? Podes descobrir na semana de 13 a 18 de janeiro, onde as portas da nossa escola se abrem para a conheceres! Vem, traz o pai a mãe, a avó, o mano e o amigo, todos podem assistir às aulas e aos concertos que vão acontecer nesta semana”, convida a SAMP.

Até lá, há dois momentos performativos especiais:

Quarta-feira, dia 15, há recital de guitarra com Pedro Ferreira, a partir das 21 horas, no Auditório Barão de Viamonte, na Sede da SAMP, nos Pousos.

No mesmo auditório, sábado, dia 18, às 18h30, há um concerto especial, com professores e ex-alunos da Escola de Artes SAMP, onde vão estar reunidas as classes de violino, saxofone, guitarra, piano, canto, percussão, entre outras.

Tal como em todos os dias, a entrada em ambos os concertos é livre.