Assinar Edições Digitais

Voluntários precisam-se para plantar 30 mil árvores no Pinhal de Leiria

O projeto “Vamos salvar o Pinhal do Rei” é uma iniciativa de Joana Conde, luso-descendente com origens em Leiria. A ação irá decorrer de 7 a 9 de fevereiro, num talhão de 24 hectares.

A organização estima que serão necessários entre 100 a 150 voluntários por dia para esta ação  Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso

Plantar 30 mil árvores no Pinhal de Leiria é o desafio que a associação francesa “Sauvons le Pinhal Real” (“Vamos salvar o Pinhal do Rei” em português) lança à população para os dias 7, 8 e 9 de fevereiro.

A iniciativa partiu de Joana Conde, luso-descendente com origens em Boa Vista, Leiria,  que criou a associação dois meses depois de o incêndio ter devastado a Mata Nacional de Leiria, em outubro de 2017.

Segundo explicou ao REGIÃO DE LEIRIA, ela, que vive em França e trabalha na multinacional Total, sempre nutriu um particular carinho pelo Pinhal do Rei. “É uma zona muito especial e [a sua destruição] comoveu-me imenso”.

Depois do fogo, e apesar da distância, não conseguiu ficar de braços cruzados e abraçou a causa dinamizando uma angariação de fundos para contribuir para a reflorestação da mata.

Concorreu ainda aos apoios financeiros da Fundação Total, no âmbito de um dos seus programas de responsabilidade social na área da floresta e do clima, e ganhou um prémio de 6.000 euros. Além da aprovação do júrio, o projeto, submetido a votação no seio da empresa, foi também eleito pelos colaboradores.

Em maio do ano passado, Joana Conde reuniu na Marinha Grande com responsáveis do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) que se associou à ideia. O ICNF selecionou um talhão de 24 hectares e irá fornecer as árvores para a sua plantação.

Já Joana Conde irá assumir o custo da limpeza e preparação do terreno, em parceria com a empresa Normas Verdes, a par da coordenação da iniciativa e angariação de voluntários.

A responsável estima que serão necessários entre 100 a 150 voluntários por dia para conseguir plantar os 30 mil pés.

Os interessados em participar podem inscrever-se através da página do evento “Ação de reflorestação no Pinhal de Leiria”, criada no Facebook ou pelo email sylvie.gaspar@argedis.fr.

MR