O Município de Pombal anunciou hoje que deliberou a abertura de um concurso para a construção das redes de saneamento no valor de 3,5 milhões de euros.

A obra que beneficiará os lugares da Foz, Vale das Moitas, Carriços, Bonitos e São João da Ribeira (freguesia de Almagreira e União das Freguesias da Guia, Ilha e Mata Mourisca) tem um preço base de 2,4 milhões de euros e contempla a construção de cerca de 20 quilómetros de coletores, uma estação elevatória de águas residuais e 411 ramais.

O projeto permitirá encaminhar, graviticamente, a quase totalidade dos efluentes ao Emissário Carnide-Louriçal, que terão como destino final o tratamento na Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) do Louriçal, refere uma nota de imprensa.

Já o Casal da Rola, um dos lugares com maior densidade populacional do concelho de Pombal, no distrito de Leiria, que ainda não é servido de saneamento básico, terá um investimento com um valor-base de um milhão de euros, que resultará na construção de cerca de oito quilómetros de coletores, 229 ramais domiciliários e uma estação elevatória de águas residuais (também encaminhadas para o emissário Carnide-Louriçal e, posteriormente, para a ETAR do Louriçal).

A empreitada contempla ainda a construção de uma conduta adutora para abastecimento de água daquela localidade a partir da Mata do Urso.

Na mesma nota de imprensa, a autarquia recorda que tinha já aberto concurso para a rede de saneamento da Assanha da Paz, Barros da Paz, Reguengo, Ladeira, Gregórios e Penedos, que conjuntamente com as obras agora lançadas e outras a lançar no decorrer do presente ano representarão um investimento superior a sete milhões de euros, a somar aos 7,9 milhões de euros das obras já a decorrer para alargamento da rede de saneamento no concelho.