Após o período de portas fechadas no contexto da pandemia de covid-19, o Teatro Miguel Franco, em Leiria, retoma a atividade a 1 de junho, Dia da Criança, com “O Principezinho”, pelo grupo “O Nariz”.

O espaço cultural reabre “seguindo as diretrizes da Direção-Geral de Saúde (DGS) no sentido de garantir a segurança dos utilizadores e técnicos”.

“A existência de um intervalo entre espectadores, o uso obrigatório de máscara, a higienização dos espaços entre espetáculos e sessões, a fixação de entradas e saídas de público com circuitos próprios e separados, são algumas das medidas introduzidas nesta terceira fase do Plano de Desconfinamento”, avança o município em comunicado.

O responsável d’”O Nariz” afirma que Leiria será, “provavelmente”, a primeira cidade a ter teatro em a sala após o confinamento.

“Não tenho a certeza, mas somos certamente uma das primeiras cidades a ter teatro, nesta fase de desconfinamento, e isso é bom”, diz Pedro Oliveira.

O regresso à atividade fica marcado pela apresentação, já no dia 1, às 14h30, da peça de teatro de marionetas e fantoches “O Principezinho”, uma obra de Antoine de Saint-Exupéry, adaptada e encenada sob a direção de Pedro Oliveira. O espetáculo repete dia 2, às 10h30 e 14h30. A entrada é livre.

O Principezinho

Duração: 40 minutos aproximadamente
Classificação etária:  Maiores de 6 anos
Observações: Local limitado a 25 espetadores por ação.