O Relatório de Gestão e Prestação de Contas de 2019 do Município de Ansião, que revela um saldo positivo de cerca de 1,7 milhões de euros, foi aprovado por maioria pela Assembleia Municipal.

Segundo uma nota de imprensa da autarquia, o documento foi aprovado com a abstenção da bancada do PSD, na última reunião de Assembleia Municipal, após aprovação também por maioria, na reunião de executivo.

“A rigorosa e transparente gestão autárquica teve um saldo positivo de 1.687.108 euros, com um aumento da receita na ordem dos 3%, tendo o ano 2019 sido o melhor dos últimos cinco anos em termos de investimento municipal, próximo dos três milhões de euros, evidenciado nas obras em todo o concelho e no dinamismo cultural e desportivo”, informa o Município de Ansião, no distrito de Leiria.

Em termos de execução orçamental das atividades mais relevantes e do Plano Plurianual de Investimentos, verificou-se uma poupança corrente e a libertação de recursos para investimento no montante de 1.860.170,28 euros, atingindo-se uma taxa de realização de 83,69% e uma taxa de pagamentos sobre o realizado de 99,13%, indica a mesma nota.

A dívida total do município diminuiu 2.313.203.88 euros face aos últimos dois anos, cifrando-se, a 31 de dezembro de 2019, em 4.340.741,34 euros.

“Os resultados apresentados traduzem equilíbrio e rigor orçamental, considerando a diminuição do IMI [Imposto Municipal sobre Imóveis] e da derrama operada em 2018 para alívio fiscal para as famílias e empresas, que se traduziu no decréscimo de receita do município”, refere o documento.

A Câmara liderada por António Domingues (PS) constata ainda o aumento das transferências para as juntas de freguesia, em mais de 61.789,28 euros do que em 2017, e para as associações, em mais 10.100 euros do que em período homólogo.

A situação económica e financeira da autarquia assegura “confiança no futuro, com investimentos avultados na realização dos grandes projetos do PT2020”, nomeadamente a ampliação do Parque Empresarial do Camporês, “que representa um esforço financeiro do município que ronda os 800 mil euros”.