Dois homens com 31 e 37 anos foram detidos ontem, 3 de julho, pela GNR de Leiria pelo crime de dano contra a natureza, na A17, na zona de Monte Redondo, quando transportavam 113 quilos de meixão.

Segundo informação da guarda, a viatura em que seguiam indiciava “circular de modo irregular”, tendo sido encaminhada para a área de serviço da auto-estrada. Ali foi fiscalizada, tendo sido detetados “vários sacos de congelação com 113 quilos de meixão, Anguilla Anguilla, congelado”, ou seja, enguia europeia em fase larvar.

A espécie, acrescenta a GNR de Leiria, é considerada “em perigo” e “tem sofrido grande redução do número de efetivos tanto em Portugal como noutros países intervenientes na rede de distribuição, que inclui a Europa, o Norte de África e as ilhas dos Açores, Madeira e Canárias”, impedindo esse facto “o normal ciclo de reprodução”.

O meixão congelado apreendido está avaliado, no mercado europeu, num valor de cercade 56 mil euros. No mercado asiático, sublinha a GNR, o preço desta espécie ainda viva pode alcançar os 7 mil euros/quilo.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Leiria.