Operações de socorro envolveram mais de 30 elementos Foto de arquivo: JD

O jovem de 19 anos que caiu ao início da tarde num poço com cerca de 20 metros de profundidade, no Bombarral, foi retirado sem vida pelos bombeiros.

O alerta para o acidente foi dado pouco depois das 13h30, tendo uma segunda vítima, uma jovem de 19 anos, sido resgatada com ferimentos ligeiros.

Os dois jovens “eram amigos de infância e encontravam-se em cima do poço quando a tampa, uma laje de betão, se partiu e provocou a queda no interior do poço com uma profundidade de cerca de 20 metros”, disse à agência Lusa o comandante dos bombeiros de Óbidos, Marco Martins, responsável pela equipa de mergulhadores que procedeu ao resgate das vítimas.

O acidente aconteceu na localidade de Portela, na freguesia do Bombarral e Vale Covo, tendo os bombeiros resgatado “uma jovem com cerca de 19 anos que se encontrava numa laje intermédia do poço, numa zona não submersa”, explicou o comandante.

A jovem foi transportada ao Hospital das Caldas da Rainha, com ferimentos ligeiros.

A vítima mortal “ficou submersa a cerca de dois metros de profundidade e debaixo da laje que se partiu”, o que, segundo Marco Martins,  obrigou a uma operação de resgate que se prolongou até cerca das 16h40, envolvendo dois mergulhadores e o recurso a bombas para retirar água.

No local estiveram 18 viaturas e 36 elementos das corporações do Bombarral, Óbidos e Peniche, a GNR e uma equipa de psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), que prestou apoio psicológico aos familiares.

Com Lusa