Músicos profissionais vão levar concertos a algumas das casas mais isoladas do distrito Foto de arquivo: SAMP E se alguém chegasse a sua casa e montasse um palco com luz e som e lhe oferecesse a si e aos seus convidados um concerto profissional particular? A partir de janeiro de 2021 é isso que a Sociedade Artística Musical dos Pousos (SAMP) vai fazer em 32 casas do norte do distrito de Leiria. Mas não serão casas quaisquer: são aquelas onde vive gente idosa, solitária e em risco de exclusão ou segregação.