Assinar
Marinha Grande

Visitas ao Pinhal de Leiria “têm-se revelado bastante produtivas” – diz autarca

“Para acompanhamento e coordenação conjunta de ações a realizar no âmbito da recuperação”, explica a autarquia

As deslocações ao Pinhal de Leiria de responsáveis do município da Marinha Grande e do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) “têm-se revelado bastante produtivas” e “ao encontro dos desejos da população”, segundo a presidente da autarquia.

A presidente da câmara da Marinha Grande “está a realizar reuniões periódicas com a diretora regional do centro do ICNF e com técnicos do ICNF, para acompanhamento e coordenação conjunta de ações a realizar no âmbito da recuperação do Pinhal do Rei”, explica a autarquia da Marinha Grande num comunicado divulgado esta sexta-feira, dia 19.

Para a autarca, Cidália Ferreira, “estas reuniões e deslocações ao pinhal têm-se revelado bastante produtivas, na medida em que vamos podendo acompanhar as ações executadas ou a realizar pelo ICNF, contribuindo também para a concretização de algumas delas em estreita parceria e indo ao encontro dos desejos da população e das orientações do Observatório do Pinhal do Rei”.

A diretora regional do centro do ICNF, Fátima Araújo Reis, refere no comunicado que “os dirigentes do organismo assumiram a responsabilidade pela implementação de ações concertadas e tendentes a serem implementadas no mais breve prazo possível, segundo uma ordem de prioridade”.

Uma visita recém-realizada que envolveu representantes e técnicos das duas entidades foi analisado o melhor local para instalar um parque de atividades lúdicas e de desporto de aventura na natureza, em São Pedro de Moel, próximo do Jardim Bambi. “A câmara Municipal pretende realizar o respetivo projeto e por isso, em consonância com o ICNF, foi selecionado o local”, refere a autarquia.

As reuniões têm contado também com a presença de técnicos do ICNF, da câmara municipal e um representante do Observatório do Pinhal Do Rei.

Outras ações

O ICNF tem realizado intervenções recentes na área devastada pelo incêndio de 2017 e prepara-se para iniciar outras a curto prazo, como a transplantação já realizada das árvores plantadas no âmbito de uma ação de voluntariado num aceiro para a bordadura da Lagoa da Cova do Lobo.

Em curso, destaca o município, está a requalificação de um antigo Campo de Futebol na Vieira e em dezembro foi executada a remoção de lixo, em diferentes pontos do pinhal.

Numa ação conjunta com a câmara municipal, vai ser requalificada a ponte de madeira, localizada na Ribeira de S. Pedro e a vegetação existente nos vários parques de merendas será cortada, com recurso ao serviço público dos sapadores florestais, adianta o comunicado.

Por outro lado, “considerando a importância que a ribeira de S. Pedro de Moel representa no contexto da Mata Nacional de Leiria, prevê-se a instalação de painéis de divulgação da fauna e da flora e pretende-se intervir na área envolvente à Fonte da Felícia, mediante a plantação de espécies autóctones, corte de árvores em risco de queda e poda fitossanitária e instalação de um percurso pedestre ajustado ao espaço”.

Na zona do Tremelgo os trabalhos visam substituir o equipamento de apoio e de lazer que se encontra em mau estado e a limpeza do espaço envolvente, mediante o corte e remoção do arvoredo queimado e partido. Para além disso, preconiza-se uma poda fitossanitária do eucalipto classificado que se encontra nas imediações.

Esta também prevista uma intervenção na zona de proteção do Samouco, com corte e remoção do arvoredo tombado e plantação de espécies autóctones. Serão ainda intervencionadas outras zonas de lazer junto à Ponte Nova e requalificada uma das pontes de madeira junto a uma queda de água, segundo a enumeração de obras previstas feita pelo município da Marinha Grande.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.