Assinar
Porto de Mós

João Salgueiro: “Não coloco de parte a possibilidade de ser candidato”

Presidente da Câmara de Porto de Mós entre 2005 e 2017, admite candidatura, atendendo aos incentivos que tem recebido

João Salgueiro, ex-presidente da Câmara de Porto de Mós, admite voltar a candidatar-se ao lugar. A possibilidade está em aberto e, atualmente, está a merecer a reflexão do antigo líder do município.

“Não coloco de parte a possibilidade de ser candidato, mas ainda considero a hipótese de não ser”, revela, ao REGIÃO DE LEIRIA, João Salgueiro.

O engenheiro e antigo autarca, explica que a candidatura é um cenário que equaciona, atendendo aos incentivos que tem recebido, provenientes da população, de elementos da classe política e mesmo de individualidades exteriores ao concelho e ao partido, mas que não se escusaram a encorajar uma nova candidatura.

“Estou a receber muitos contactos que me levam a pensar seriamente no assunto, a verdade é essa”, confessa. Sem essa manifestação de apreço, essa possibilidade nem se colocaria: “se não sentisse, por parte da população, o interesse no meu regresso, obviamente não iria voltar, colocava logo de parte essa hipótese”. 

Nascido no concelho de Porto de Mós em 1954, João Salgueiro estudou engenharia em Coimbra e foi, enquanto militar, parte ativa na Revolução dos Cravos, integrando as forças que derrubaram o Estado Novo.

Inicialmente pelo PSD, depois eleito pelo PS, João Salgueiro iniciou-se em 1977 em funções autárquicas. Entre 2005 e 2017, liderou a Câmara de Porto de Mós, eleito, inicialmente como independente, pelo PS.

Já não foi candidato em 2017, altura em que o PSD regressou ao poder, numa lista encabeçada por Jorge Vala.

João Salgueiro deixou a presidência ao fim do limite legal de três mandatos, sendo que da sua equipa eleita em 2013 sobre a sigla socialista, saíram os cabeças de lista de duas candidaturas à Câmara: Rui Marto, pelo PS e Albino Januário, pelo movimento independente AJSIM.

Os 37% conquistados pelo PSD acabaram por se revelar suficientes para garantir a presidência, não obstante o facto de as duas listas saídas da anterior equipa de João Salgueiro, somadas, terem conseguido os votos de mais de metade do eleitorado.

Agora, sobre João Salgueiro recai a perspetiva de reeditar uma candidatura. Uma possibilidade que foi ontem avançada pelo Jornal de Leiria. E esse cenário, revela o antigo autarca ao REGIÃO DE LEIRIA, está efetivamente em cima da mesa.

“Tendo em conta a pressão que estou a sentir por parte de muita gente do concelho de Porto de Mós e de colegas do partido, inclusivamente, e mesmo pessoas que nada têm a ver com o partido, mas que me telefonam e dão coragem, de facto considero a hipótese de me candidatar”, explica o ex-presidente de Câmara de Porto de Mós.

Salienta, todavia, que “neste momento” não há nenhuma decisão tomada. Do ponto de vista pessoal, João Salgueiro admite ter a decisão clarificada no final da próxima semana.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.