Assinar
Alcobaça

Município de Alcobaça organiza caminhadas nas praias distinguidas com bandeira azul

As atividades decorrem durante os meses de verão, nas praias de Paredes da Vitória e de São Martinho do Porto.

Foto aérea da baía de São Martinho do Porto

O município de Alcobaça está a organizar caminhadas temáticas alusivas à “Recuperação de ecossistemas” nas praias de Paredes da Vitória e de São Martinho do Porto, que começam no final do junho e prolongam-se pelos próximos três meses.

A iniciativa surge no âmbito do Programa Bandeira Azul 2021 e marca as primeiras ações de educação ambiental que vão ser realizadas naquelas praias distinguidas, este ano, com o galardão de qualidade, explicou a Câmara de Alcobaça em nota de imprensa.

Em São Martinho do Porto, a primeira “Caminhada com as Algas” acontece esta sexta-feira, dia 25, às 16h30, num trilho de 4,5 km, percorrendo a baía e algumas zonas da parte alta da vila. Durante a atividade, é explicada aos participantes a “importância das algas” características da praia, do limo, bem como a intervenção humana no ecossistema da baía, indicou o município.

A segunda caminhada está marcada para 4 de julho, às 16h30, e há mais duas agendadas para agosto e setembro. O ponto de encontro é o Posto de Turismo de São Martinho do Porto.

Em Paredes da Vitória, também miúdos e graúdos estão convidados a participar na “Caminhada do Mar ao Vale da Ribeira de Paredes”, num percurso pela praia onde é explicada a “importância histórica [da praia] devido à conjugação do mar e do rio” e dada a oportunidade para explorar a flora e o curso de água.

A primeira caminhada deste trilho, com 3,5 km, está marcada para sábado, dia 26, às 9h30, com ponto de encontro junto à ETAR de Paredes da Vitória. A segunda atividade acontece a 23 de julho, pelas 16h30 e volta a decorrer em agosto e setembro.

Organizadas pelo município e pelo Centro de Atividade Física (CAF), as caminhadas, de dificuldade moderada, são gratuitas mas carecem de inscrição através do número 917 139 280.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.